Veja como calcular o valor do IPVA 2022 para carros emplacados no Rio

·3 min de leitura

A tabela com os valores venais dos carros e motos emplacados no Estado do Rio — que servirá de base para o cálculo do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2022 — já pode ser consultada pelos motoristas fluminenses. Para saber quanto pagar, basta procurar o modelo do automóvel ou da motocicleta no link abaixo e observar o ano de fabricação.

Em seguida, sobre o valor de avaliação do carro ou da moto — listado na tabela que é elaborada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) —, deve-se aplicar a alíquota do imposto a pagar: 4% para carros flex, 2% para motocicletas e 1,5% para veículos movidos a GNV.

Para fazer a conta, é preciso multiplicar o valor do bem por 4, se o automóvel for movido a gasolina ou a gasolina e etanol ao mesmo tempo, dividindo o resultado por 100. Se tiver kit-gás, multiplique o preço por 1,5 e divida por 100.

Clique aqui para acessar a tabela com os valores venais do IPVA 2022

Vale destacar que veículos com mais de 15 anos estão isentos do pagamento de IPVA. Por isso, a tabela só inclui veículos fabricados de 2007 para cá.

Confira alguns exemplos

O motorista que tem um Chevrolet Onix Plus 1.0 automático PR1, ano 2019, flex, cujo valor de mercado pela tabela Fipe é de R$ 71.081, vai pagar R$ 2.843,24 de IPVA no ano que vem.

Quem tem um Hyundai HB20X 1.6M Style, ano 2017, flex, avaliado em R$ 51.939, vai desembolsar R$ 2.077,56.

O dono de um Fiat Mobi Drive, ano 2020, flex, que está avaliado em R$ 43.984, por exemplo, vai pagar uma alíquota de 4%. Portanto, o valor a recolher de imposto será de R$ 1.759,36 em 2022.

Desconto para pagamento à vista

A exemplo de anos anteriores, o IPVA de 2022 poderá ser quitado de uma só vez, com desconto de 3%, ou parcelado em três cotas sem abatimento, conforme o calendário abaixo:

Viu isso? IPVA 2022: vale a pena pagar à vista com desconto de 3% ou é melhor parcelar?

Em janeiro, a Guia de Regularização de Débitos (GRD) — por meio da qual se recolhe o IPVA — deverá estar disponível para a emissão no portal da Secretaria estadual de Fazenda (www.fazenda.rj.gov.br) ou no site do Bradesco (www.bradesco.com.br).

Para emitir a cobrança, será preciso ter em mãos o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). O pagamento poderá ser feito em qualquer agência bancária, inclusive por meio de internet banking.

Vale lembrar que além da cobrança de IPVA, o motorista do Rio terá que pagar a taxa de licenciamento anual do Detran-RJ, que será quitada por meio da Guia de Regularização de Taxas (GRT). Esse valor é para a emissão do Certificado de Registro er Licenciamento de Veículo (CRLV), que agora existe apenas na versão digital. A guia também poderá ser emitida pelo site do Bradesco, a partir do mês que vem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos