Veja como será o pagamento do auxílio-emergencial em 2021

·5 minuto de leitura
Pagamento começa em 6 de abril e será feito em quatro parcelas; valor será de R$ 250 por família. (Foto: Getty Images)
Pagamento começa em 6 de abril e será feito em quatro parcelas; valor será de R$ 250 por família. (Foto: Getty Images)

O governo federal anunciou nesta quarta-feira (31) o calendário do pagamento da nova rodada do auxílio emergencial no ano de 2021. O calendário de pagamento começa em 6 de abril, na próxima terça-feira.

Segundo o cronograma da CEF (Caixa Econômica Federal), os trabalhadores informais serão os primeiros a receberem o auxílio e depois os beneficiários do Bolsa Família, que terão o calendário tradicional mantido.

CONFIRA COMO SERÁ O AUXÍLIO-EMERGENCIAL EM 2021

Qual será o valor do auxílio?

Os valores pagos irão variar entre R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, dependendo do critério do beneficiário:  

  • R$ 150 para pessoas que vivem só

  • R$ 250 para famílias

  • R$ 375 para famílias chefiadas por uma mulher, sem cônjuge, com no mínimo uma pessoa menor de 18 anos - 50% mais alto do que o benefício básico

Na nova rodada, será permitido que apenas uma pessoa por família receba o benefício.

Quantas parcelas serão pagas no auxílio de 2021? 

Os repasses estão previstos para começar em abril e terminar em julho. 

A MP estabelece que o período de quatro meses do auxílio poderá ser prorrogado por ato do governo, sem necessidade de nova avaliação do Congresso. No entanto, para fazer isso, o governo teria que encontrar nova margem no Orçamento

Quantas pessoas serão beneficiadas?

A expectativa é que 45,6 milhões de famílias sejam atendidas. São 28,6 milhões de pessoas que se cadastraram nas plataformas da Caixa, 10,7 milhões do programa Bolsa Família e 6,3 milhões do cadastro único de programas sociais.

Quem pode receber?

Trabalhadores informais com renda de até meio salário mínimo (R$ 550) por pessoa e renda familiar total de até três salários mínimos (R$ 3.300). Também é necessário cumprir critério de rendimento tributável máximo de R$ 28.559,70 em 2019 e de patrimônio máximo de R$ 300 mil

Aos beneficiários do Bolsa Família, permanece a regra do benefício mais vantajoso. Ou seja, a pessoa irá receber somente o benefício que lhe fornecer o maior valor, seja ele o auxílio-emergencial ou o Bolsa Família.

Quem não pode receber?

  • Pessoas que recebem benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista, exceto Bolsa Família e abono salarial 

  • Residentes médicos ou de outras áreas, beneficiários de bolsas de estudo e estagiários 

  • Menores de 18 anos, exceto mães adolescentes 

  • Presos em regime fechado 

  • Pessoas residentes no exterior 

  • Beneficiários do auxílio que não movimentaram valores da assistência em 2020 em sua conta digital Caixa ou que tiveram a assistência do ano passado cancelada

BRASILIA, BRAZIL - MARCH 31: President of Brazil Jair Bolsonaro speaks to the press during the pronouncement on the new emergency aid amidst the coronavirus pandemic  (COVID-19) at the Planalto Palace, on March 31,2021 in Brasilia, Brazil. Brazil has over 12,658,000 confirmed positive cases of Coronavirus and has over 317,646 deaths. (Photo by Mateus Bononi/Getty Images)
Bolsonaro voltou a adotar um tom negacionista ao anunciar o retorno do auxílio emergencial; País pior momento da pandemia. (Foto: Mateus Bononi/Getty Images)

Como conseguir o auxílio? 

Para selecionar as pessoas que se enquadram no programa, o governo vai usar a base de dados dos auxílios pagos em 2020. As parcelas serão pagas independentemente de requerimento

Limite por família

Programa permitirá que apenas uma pessoa por família receba o benefício. 

Datas de pagamento 

Beneficiários do Bolsa Família receberão conforme o calendário habitual do programa. Em abril, os pagamentos para essas pessoas serão iniciados no dia 16. O governo ainda não apresentou o calendário para os outros beneficiários

Veja a seguir o calendário da primeira parcela:

Beneficiários fora do Bolsa Família (crédito em conta digital):

  • Nascidos em Janeiro - 06/04 | Terça-feira

  • Nascidos em Fevereiro - 09/04 | Sexta-feira

  • Nascidos em Março - 11/04 | Domingo

  • Nascidos em Abril - 13/04 | Terça-feira

  • Nascidos em Maio - 15/04 | Quinta-feira

  • Nascidos em Junho - 18/04 | Domingo

  • Nascidos em Julho - 20/04 | Terça-feira

  • Nascidos em Agosto - 22/04 | Quinta-feira

  • Nascidos em Setembro - 25/04 | Domingo

  • Nascidos em Outubro - 27/04 | Terça-feira

  • Nascidos em Novembro - 29/04 | Quinta-feira

  • Nascidos em Dezembro - 30/04 | Sexta-feira

Beneficiários fora do Bolsa Família (saque em dinheiro):

  • Nascidos em Janeiro - 04/05 | Terça-feira

  • Nascidos em Fevereiro - 06/05 | Quinta-feira

  • Nascidos em Março - 10/05 | Segunda-feira

  • Nascidos em Abril - 12/05 | Quarta-feira

  • Nascidos em Maio - 14/05 | Sexta-feira

  • Nascidos em Junho - 18/05 | Terça-feira

  • Nascidos em Julho - 20/05 | Quinta-feira

  • Nascidos em Agosto - 21/05 | Sexta-feira

  • Nascidos em Setembro - 25/05 | Terça-feira

  • Nascidos em Outubro - 27/05 | Quinta-feira

  • Nascidos em Novembro - 01/06 | Terça-feira

  • Nascidos em Dezembro - 04/06 | Sexta-feira

Beneficiários do Bolsa Família (saque em dinheiro):

  • NIS final 1 - 16/04 | Sexta-feira

  • NIS final 2 - 19/04 | Segunda-feira

  • NIS final 3 - 20/04 | Terça-feira

  • NIS final 4 - 22/04 | Quinta-feira

  • NIS final 5 - 23/04 | Sexta-feira

  • NIS final 6 - 26/04 | Segunda-feira

  • NIS final 7 - 27/04 | Terça-feira

  • NIS final 8 - 28/04 | Quarta-feira

  • NIS final 9 - 29/04 | Quinta-feira

  • NIS final 0 - 30/04 | Sexta-feira

Custo do programa 

O limite de gasto com a nova rodada da assistência é de R$ 44 bilhões. Nas MPs, porém, o governo anunciou a liberação de R$ 43 bilhões, incluindo despesas operacionais. Em 2020, o auxílio consumiu quase de R$ 300 bilhões

Como foi o pagamento do auxílio-emergencial em 2020?

No ano passado, foram pagas cinco parcelas de R$ 600 e outras quatro de R$ 300. O pagamento fez disparar a popularidade do presidente Bolsonaro, que se refere ao benefício como "o maior programa social do mundo".

Em 2020, o governo também autorizou o pagamento para até duas pessoas por lar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos