Veja como transformar um cômodo abandonado num ambiente útil, como fez a atriz Carol Duarte

Extra
·3 minuto de leitura

Sabe aquele quarto vago em casa que acaba virando um depósito? Ele pode se tornar um cantinho de leitura, um escritório ou até mesmo uma brinquedoteca! A atriz Carol Duarte, que está no ar na reprise de “A força do querer” no papel de Ivana, transformou um cômodo vazio do seu apartamento numa sala de leitura, de maneira simples e rápida, com suportes do tipo mão francesa e chapas de madeira.

Para aqueles casais de meia idade que já estão com os filhos crescidos e mantêm o quarto deles vazios em casa, mudar o ambiente sem uso pode ser uma boa oportunidade para renovar o astral da residência e criar um novo espaço, aproveitando melhor todos os cômodos. Com soluções fáceis, é possível criar uma sala de leitura com prateleiras de pronta-entrega em grandes lojas de “home center”. Outra opção é encontrar uma nova função para uma estante ou cristaleira que já exista na casa. Da mesma forma, o sofá ou poltrona da sala pode ser reaproveitado, permitindo que o casal adquira um modelo novo para o espaço central do lar, recebendo almofadas e mantas novas para renovar a decoração.

Já para aqueles que estão na fase de receber os netos pequenos, nada mal transformar o quarto vazio numa brinquedoteca, garantindo muitas horas de diversão com os baixinhos, em um lugar seguro e cheio de amor e carinho nos detalhes.

Brinquedoteca para os netos

Foi pensando em utilidade que a arquiteta Livia Amendola, do studio que leva seu nome, projetou um amplo apartamento de 560m², em Icaraí (Niterói), para um casal na faixa de 60 anos. Eles sentiam a necessidade de ter um ambiente divertido e colorido para os netos de 6 e 8 anos, que os visitam com frequência.

Com a missão de transformar o sonho dos avós em realidade, um cômodo de 20m², que anteriormente era usado como escritório, foi transformando numa brinquedoteca. “A ideia não era criar um quarto de dormir e sim um espaço de lazer e entretenimento para os netos poderem brincar, pintar, jogar videogame, fazer bagunça à vontade e ver filmes, não só com os amiguinhos como também com o pai, o tio e os avós”, conta Livia. Embora os netos não tenham feito nenhum pedido especial à designer, uma vez que o projeto foi uma surpresa para as crianças, ela foi informada por parentes que ambos amam a natureza, os bichos e o rancho da família, em São Gonçalo, e que seria necessário prever no projeto bastante espaço para guardar os dinossauros do menino e as bonecas da menina.

A partir desse briefing, em apenas 45 dias a arquiteta projetou e executou a brinquedoteca, inspirada, de forma lúdica, no tal rancho. O destaque é, sem dúvida, a árvore que sobe pelas paredes, desenhada pelo Studio Livia Amendola, com a copa projetada no teto e iluminação embutida para ressaltar o desenho e conferir tridimensionalidade ao conjunto. Já o tronco se ramifica em várias direções, com prateleiras que simulam projeções das folhagens. “Sob a árvore, colocamos um grande futon que tem mil e uma utilidades, inclusive tirar uma soneca”, brinca Livia.

Outros atrativos da brinquedoteca são os adesivos de parede personalizados. De um lado, eles reproduzem uma arte com floresta, montanha e sol estilizados e, do outro, uma padronagem de granilite. “A paleta de cores da decoração é diversa e colorida, em tons vibrantes e alegres com toques de madeirado e cinza para equilibrar toda a composição”, explica a profissional.

A coluna "Casa de Novela" é assinada pelo arquiteto Fabiano Prates Ravaglia.

Site: fprstudio.com

Instagram: https://www.instagram.com/fprstudio/