Do É o Tchan à PRF: ex-dançarina agora é chefe de comunicação

·2 min de leitura
Simaria Miranda no É o Tchan no início dos anos 2000 e agora na PRF (foto: reprodução / instagram @silmara_miranda)
Silmaria Miranda no É o Tchan no início dos anos 2000 e agora na PRF (foto: reprodução / instagram @silmara_miranda)

Resumo da Notícia:

  • A dançarina foi escolhida para o grupo em uma disputa no "Domingo Legal"

  • Ela ficou cerca de cinco anos no É o Tchan e até posou nua para a "Sexy" 

  • Atualmente na Polícia Rodoviária Federal, ela estudou por dois anos para passar no concurso

Simaria Miranda já ralou muito o Tchan profissionalmente, mas agora se dedica a vigiar as rodovias federais e trabalhar na comunicação do órgão como chefe de comunicação.

Dançarina profissional desde a juventude, a loira conquistou a vaga de Sheila Melo como loira do grupo de pagode baiano “É o Tchan” durante uma disputa no "Domingo Legal" e permaneceu entre 2003 e 2007. À época ela fez muito sucesso e chegou até a posar nua para a revista “Sexy”.

Leia também:

Após sua saída do grupo, que passou uma grande reformulação, ela se dedicou a estudar e trabalhar como jornalista. Chegou a se casar na cidade do Sul e teve uma filha, Bella. Ela se separou algum tempo depois. Com 78 mil fãs nas redes sociais, ela se dedicou também a compartilhar conteúdo de lifestyle.

Há três anos se dedicou a estudar para passar em um futuro concurso da Polícia Rodoviária Federal e conseguiu. Entrou na instituição em 2020 e desde então passou por todo o treinamento querido e começou a trabalhar na comunicação do órgão.

Polêmica no trabalho

Nas últimas semanas ela foi promovida a chefe do seu setor e isso teria causado um mal-estar entre os colegas de profissão, o que nega. “A PRF é uma polícia estratégia. Aproveita todas as especialidades das pessoas que têm curso superior nas suas próprias áreas", explica ao “UOL”.

Seu coordenador, Marco Antônio Territo de Barros, que chefia a comunicação geral do órgão, respaldou a escolha. “Ela é formada em jornalismo, é muito competente e nos surpreendeu com o trabalho dela. Há pessoas mais antigas [na PRF], mas nem todas possuem essa disponibilidade de ir para Brasília. Além disso, ela tem capacidade de gestão, demonstra espírito de liderança e tem o respeito de todos", afirmou ao veículo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos