Veja o primeiro registro visual do Palácio Pedro Ernesto, no Rio, cedido ao acervo da UFRJ

Vejam a aquarela acima. Trata-se de uma obra feita pelo arquiteto Archimedes Memoria (1893-1960), um dos responsáveis pelo projeto do Palácio Pedro Ernesto, sede da Câmara de Vereadores do Rio, que completou 99 anos esta semana. Trata-se do primeiro registro visual do Palácio, cedido dias atrás ao acervo da UFRJ pelo bisneto do arquiteto.

Responsável pelo arquivo, que conta com mais de 12 mil imagens de prédios históricos, o professor Luis Neves destaca a importância da preservação destes registros e patrimônios. "A criação de uma atmosfera de afeto faz com que as novas gerações respeitem e projetem a história", afirma Neves.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos