Veja o que abre e o que fecha durante o feriado de Réveillon em SP

PATRÍCIA PASQUINI
·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No feriado de Réveillon, o estado de São Paulo estará na fase vermelha, a mais restritiva do Plano SP, ou seja, nos dias 1º, 2 e 3 de janeiro só poderão funcionar serviços essenciais como os de saúde, transporte público, pet shop, supermercados, açougues, padarias, farmácias, atividades religiosas. Nesta quinta (31), os estabelecimentos seguirão o protocolo da fase amarela. Bancos funcionam até dia 30 e retornarão em 4 de janeiro. O rodízio municipal de veículos será suspenso apenas no dia 1º, para carros com placas de finais 9 e 0. Ao contrário dos anos anteriores, o esquema valerá durante o mês de janeiro. A Zona Azul estará em operação no dia 31 e no dia 1º seguirá a regra de feriados. No dia 31, os shoppings centers abrirão entre 10h e 16h, segundo a Abrasce, entidade que representa a categoria. Em relação ao comércio de rua, a ACSP (Associação Comercial de São Paulo) afirmou que o lojista é livre para escolher o horário de trabalho dentro do estabelecido na fase amarela do Plano SP. Como estarão na fase vermelha nos dias 1º, 2 e 3, ambos reabrirão na segunda-feira. As unidades do Poupatempo e do Procon ficarão fechadas entre 31 de dezembro e 3 de janeiro. O mesmo ocorre com as agências dos correios, exceto as que trabalham aos sábados. As agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) funcionarão das 7h às 14h do dia 31 e depois somente na segunda-feira. * Serviços municipais de Saúde Nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro os hospitais, prontos-socorros, AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais) 24h e as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) funcionarão ininterruptamente. As AMAs 12h, com atendimento de segunda a sábado, funcionarão das 7h às 19h nos dois dias. As AMA/UBS Integradas, que também abrem de segunda a sábado, funcionarão nos dias 31 e 1º de janeiro, das 7h às 19h, apenas com pronto atendimento na parte que corresponde à AMA. Os Caps (Centros de Atenção Psicossocial) III não estarão abertos ao público. Já o Caps AD IV Redenção funcionará normalmente. As Unidades de Vigilância em Saúde, UBS (Unidades Básicas de Saúde) e a Rede Municipal Especializada em Infecções Sexualmente Transmissíveis/Aids fecham no dia 31 e retomam atendimento em 4 de janeiro. A regra também vale para as unidades do AE (Ambulatórios de Especialidades), exceto as que abrem aos sábados. As AMAs Especialidades e os Hospitais Dia não atenderão nos dias 31 e 1º de janeiro, mas abrirão no dia 2. Os hospitais veterinários só funcionarão para urgências no dia 31, das 7h às 12h. O atendimento normal retornará na segunda-feira (4). * Serviços estaduais de saúde Os hospitais estaduais manterão o funcionamento normal para atendimento às urgências e emergências. Postos de doação da Fundação Pró-Sangue permanecerão fechados na véspera e no feriado, retomando os atendimentos na próxima segunda-feira. Ficarão abertas somente as unidades das Clínicas e de Osasco, que funcionarão no dia 31 de dezembro das 8h às 13h, mas permanecerão fechadas no feriado. Para mais informações, acesse www.prosangue.sp.gov.br. As unidades da Farmácia Dose Certa ficarão fechadas nos dias 31 e 1º, reabrindo normalmente dia 4. As de alto custo terão funcionamento especial. Dias e horários poderão ser consultados no site www.saude.sp.gov.br Os atendimentos nos AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) ocorrerão normalmente na véspera do feriado nas unidades Carapicuíba, Idoso Sudeste, Taboão da Serra, Andradina, Araçatuba, Taquaritinga, Assis, Ourinhos, Tupã, Bauru, Botucatu, Promissão, Campinas, Franca, Ituverava, Dracena, Presidente Prudente REAB Auditiva, Presidente Prudente, Casa Branca, Catanduva, Itapetininga e Salto. No dia 1º, todas as unidades estarão fechadas. O expediente do dia 2 de janeiro está mantido nos AMEs Carapicuíba, Taboão da Serra, Bauru, Campinas, Santa Bárbara D'Oeste e Presidente Prudente, para atendimento aos pacientes com agendamentos nesta data.