Veja o que Mano e Andrés falam sobre boato da volta pra Seleção

Mano Menezes renovou recentemente seu contrato com o Inter até dezembro de 2023 (Ettore Chiereguini)

A bomba da terça-feira é a notícia de que Mano Menezes será o próximo técnico da seleção brasileira, com Andrés Sanchez no comando do futebol da CBF assim que a Copa do Mundo do Catar terminar. A informação foi divulgada por Caio Ribeiro, comentarista da TV Globo.

O Blog entrou em contato com Andrés e pessoas próximas a Mano. Os dois lados negam, embora o rumor envolvendo o ex-presidente do Corinthians e a CBF seja antigo. Há outro ponto: Andrés nunca escondeu que Mano é seu treinador preferido no futebol brasileiro - o dirigente pediu demissão da CBF em 2012 por não concordar com a demissão do próprio Mano.

"Essa informação é mentira", assegurou Andrés, negando qualquer negociação para voltar à CBF - ela viria em meio à reformulação pretendida por Edinaldo Rodrigues, presidente da entidade.

Já Mano se comunicou por meio de sua assessoria. “O Mano não foi procurado, muito menos comunicado sobre nada. Essa informação não procede em nenhum sentido. Mano não vai dar nenhuma declaração oficial porque ele não fala sobre especulação.”

O atual comandante do Inter renovou recentemente seu contrato. De férias com o fim do Brasileirão, Mano está embarcando para Portugal, onde passará alguns dias descansando com a esposa. A volta ao Brasil está prevista apenas para o mês de dezembro.

A declaração de Caio se deu em uma live promovida pelo Cartola nesta terça-feira. "Não é nem só opinião, é informação. Quer que eu fale quem vai ser o próximo treinador da seleção brasileira? Mano Menezes. Me cobre daqui a pouco. Mano Menezes será o próximo treinador brasileiro numa dobradinha com Andrés Sanchez, que será o próximo diretor da seleção brasileira. Daqui a dois meses vocês falam se eu estou errado ou não."