Veja onde 'passaporte da vacina' será exigido a partir desta quinta-feira e onde cobrança deixará de existir

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Eduardo Paes
    Político e advogado brasileiro

RIO — A partir desta quinta-feira, a exigência do pedido comprovante vacinal passará a valer em hotéis, restaurantes, bares e diversos outros locais fechados ou com cobertura. Inicialmente, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, assinou um decreto que ampliava a abrangência do "passaporte da vacina" também para entrar em táxis — o que também seria estendido a carros de aplicativo — e shoppings da cidade. Mas recuou, afirmou que houve "exagero" e prometeu rever a exigência já nesta sexta-feira.

Em meio às mudanças, confira os locais onde o comprovante será exigido:

A fiscalização das normas ficará a cargo do Instituto de Vigilância Sanitária (Ivisa-Rio). É responsabilidade de cada local "o controle de entrada de cada indivíduo nas suas dependências, mediante apresentação de comprovante vacinal juntamente com documento de identidade com foto". Além disso, a administração de cada local precisa manter o acesso às suas dependências livre de tumultos e aglomerações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos