Petrópolis, Brumadinho e Mariana: Confira os maiores desastres naturais do Brasil

·2 min de leitura
Fortes chuvas causaram tragédia de grandes proporções em Petrópolis nesta semana - Foto: AP Photo/Silvia Izquierdo
Fortes chuvas causaram tragédia de grandes proporções em Petrópolis nesta semana - Foto: AP Photo/Silvia Izquierdo

A tragédia de Petrópolis, no Rio de Janeiro, fez com que o Brasil olhasse novamente para outras catástrofes naturais que tiraram a vida de centenas de pessoas.

Mesmo recentemente, as enchentes e deslizamentos na região serrana já entraram para a lista.

Confira 8 dos maiores desastres naturais do Brasil:

  • Tempestades no Vale do Itajaí - Santa Catarina (2020)

Ao menos 12 pessoas morreram após a região do vale do Itajaí ser atingida por fortes temporais no ano de 2020.

O temporal provocou enxurradas, alagamentos e deslizamentos de terra. Ao todo, 20 pessoas ficaram desaparecidas.

  • Temporais no Estado de São Paulo (2022)

Foto: FILIPE ARAUJO/AFP via Getty Images
Foto: FILIPE ARAUJO/AFP via Getty Images

São Paulo acumulou pelo menos 27 óbitos em decorrência das fortes chuvas que atingiram o estado no mês de janeiro. A maior parte das mortes aconteceu em Franco da Rocha, onde 11 vidas foram perdidas.

As regiões de Várzea Paulista, Embu das Artes, Jaú, Ribeirão Preto e Itapevi também sofreram com enxurradas e contabilizaram o restante das mortes.

  • Enchentes da Bahia (2022)

O Estado da Bahia também passou por situações de calamidade com as tempestades do início de 2022. A Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia divulgou que pelo menos 27 pessoas morreram por conta das cheias.

Ao todo, 518 pessoas ficaram feridas e mais de 30 mil desabrigadas.

  • Rompimento de Barragem em Mariana (2015)

Foto: Gustavo Basso/NurPhoto via Getty Images
Foto: Gustavo Basso/NurPhoto via Getty Images

Em 5 de novembro de 2015, Mariana foi palco do rompimento da barragem de minérios da Samarco.

A tragédia deixou 19 mortos e causou uma inundação de lama tóxica em diversas casas no distrito de Bento Rodrigues, no estado de Minas Gerais.

  • Chuvas em Petrópolis (2022)

As recentes chuvas em Petrópolis, no Rio de Janeiro, infelizmente já entraram para a lista de maiores desastres naturais em número de mortos.

Até então foram registrados 104 óbitos, mas os números podem subir a qualquer momento.

  • Rompimento da barragem em Brumadinho (2019)

Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images
Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images

O rompimento da barragem em Brumadinho foi caracterizado como o maior acidente de trabalho no Brasil, e um dos maiores desastres ambientais da história do país.

Ao todo, a enchente causada pelos dejetos tirou 270 vidas, das quais seis estão desaparecidas até hoje.

  • Deslizamentos em Caraguatatuba (1967)

Fortes chuvas atingiram o litoral paulista em março de 1967. De acordo com jornais da época, tempestades perduraram por muitos dias, provocando enchentes e deslizamentos.

Pelo menos 450 pessoas morreram, segundo registros oficiais. Outras 3 mil perderam suas casas.

  • Chuvas na Região Serrana do Rio (2011)

Mesmo com a situação de calamidade em Petrópolis, essa não é a primeira vez que a região serrana do Rio presencia uma catástrofe dessa magnitude.

900 pessoas morreram em decorrência de tempestades na serra, em 2011. Quase 100 estão desaparecidas até hoje.