Veja as previsões do tarô e dos búzios para 2023 e saiba o que esperar do novo ano

Um novo ano começa cheio de oportunidades e novos aprendizados. Mas o que será que os búzios e o tarô estão prevendo para cada um de nós nesse 2023? Confira!

Tarô, por Glória Britho

O Regente de 2023 será o Arcano 7, o Carro. É como estar num grid de largada, segundos antes do início de uma corrida. O condutor é um meditante centrado em si mesmo, examinando todas as possibilidades de iniciar um processo totalmente novo. Esse carro, ainda não saiu, mas está pronto para a viagem. Assim que o piloto o movimentar, não haverá caminho de volta. O Arcano representa realização, sucesso e vitória, não apenas no sentido material, também no espiritual. Mas, cuidado, na volúpia do poder, você pode sair por aí atropelando tudo e aquilo que começou de maneira triunfal, pode terminar em derrota – talvez em destruição.

Essa carta está associada ao crescimento pessoal, a partir do estudo, da reflexão e da ação. Também fala sobre o autodomínio e da ação impetuosa, em busca da vitória e da integridade das atitudes. Para o Brasil e o mundo, é hora de definir novos rumos e avançar na direção de conceitos mais verdadeiros nas esferas políticas, sociais e pessoais. Haverá um clima de urgência e nervosismo, o que pode gerar movimentos positivos e também fomentar um aumento da violência nos grandes centros. Os incêndios e enchentes podem tirar o sono dos brasileiros. Em compensação, o avanço das pesquisas na direção da cura de doenças será significativo, já que essa área estará beneficiada.

Búzios, por Walter D'Oxoguiã

O ano de 2023 será de Oxum, senhora da beleza, riqueza, dos encantos e do amor. Uma lenda resume muito bem que é este Orixá e comprova toda a sua valentia:

"A seca e a fome devastavam a Terra e seus habitantes. Foi quando Oxum resolveu intervir. Transformada no pássaro abutre, ela se prontificou a ir até Olodumare. Justamente aquela mimada, vaidosa e fútil ave! Voando às alturas do céu em busca do palácio do Senhor. Voando mais alto e mais alto, a ave perdia as forças, mas não desanimava. O sol foi queimando suas penas, mas ela não desistia e seguia em direção ao sol. Quase desfalecida, chegou ao palácio de Olodumare, que se compadeceu e lhe perguntou: 'Por que fez esta viagem que quase lhe tirou a vida?' Oxum, quase sem forças, queimada, exaurida respondeu: 'Para salvar a humanidade, porque acredito na bondade dos homens, meu Pai'".

Será um ano de resistência, de renovação e de muito sacrifício. Teremos fenômenos de fogo, de água de desastres naturais, não porque o ano é de Oxum, mas porque não nos preocupamos com a própria natureza. Renovação será a palavra de ordem na política e respeito o objetivo mais forte a ser buscad por homens e mulheres de bem.

Para agradar Oxum, ofereça um refogado de folhas de serralha. Lave e corte as folhas da serralha, refogue com dendê, cebola ralada e camarão triturado, ponha sobre uma folha de echibata (folha do equilíbrio), ofereça num rio. Peça tudo o que deseja. Axé!