Veja quais jogadores e ex-jogadores foram ao velório de Pelé na Vila Belmiro

O velório de Pelé mobilizou a cidade de Santos (São Paulo), que se despediu do Rei ao longo de segunda e terça-feira, quando o corpo do ex-jogador esteve exposto na Vila Belmiro para as últimas homenagens. Numa cerimônia notável pela quase total ausência de campeões do mundo de 1994 e 2002, jogadores e ex-jogadores do Santos compareceram em peso para dar adeus.

O ex-meia e hoje comentarista Zé Roberto, que atuou no clube da Vila Belmiro, auxiliou o filho do Rei, Edinho, a carregar o caixão. Atual técnico do Londrina, Edinho foi vice-campeão brasileiro pelo clube em 1995, quando atuava como goleiro. Também estiveram presentes outros ex-jogadores com passagens pelo clube, como o atual político Marcelinho Carioca, o comentarista Neto, o técnico Elano, o ex-goleiro Aranha e o ex-lateral Leo Bastos. Emerson Sheik foi outro ex-atleta a prestar as condolências pessoalmente

Madson, Rodrigão e Ricardo Oliveira, também com passagens recentes pelo Peixe no currículo, estiveram na cerimônia. Jogadores do sub-20 e do profissional do clube foram outras presenças importantes: Soteldo, Rwan, Angelo, Marcos Leonardo, Lucas Braga, Maicon e Gabriel Pirani, Vinicius Zanocelo, Alex, João Paulo, Patati, Ivonei, entre outros, estiveram por lá. Odair Hellmann, técnico do clube, e Paulo Roberto Falcão, coordenador técnico, se juntaram a eles.

Outros ex-jogadores de várias gerações santistas também marcaram presença. Em lista compilada, pelo site ge, estiveram presentes Manoel Maria, Lima, Clodoaldo, Abel, Serginho Chulapa, Careca, Macedo, Jamelli, Aguinaldo, Narciso, Índio, Geninho (ex-técnico), Lalá, Afonsinho, Marcelo Passos, Germano e Marcelo Fernandes. Destes, Clodoaldo (tri com Pelé em 1970) foi um dos poucos campeões do mundo a ir ao velório. Mauro Silva, vice-presidente da Federação Paulista de Futebol e integrante da seleção do tetra de 1994, também passou por lá. Romário e Ronaldo enviaram coroas de flores.