Veja quantos pontos você precisa para passar no Enem

O Exame, sozinho, não garante vaga em universidades ou programas do governo, ou seja, não é possível “passar no Enem”.

Já faz algum tempinho que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) virou o maior vestibular do país. Todo ano, durante um fim de semana, milhões de estudantes de todo o Brasil fazem a mesma prova.

Na TV, no jornal e na internet, a cobertura jornalística é intensa: todo ano há relatos sobre o trânsito que piora perto dos locais do exame, entrevistas com participantes ansiosos, os já tradicionais atrasados que ficam do lado de fora do portão, as questões mais polêmicas ou engraçadas e, finalmente, o gabarito.

Toda essa atenção da mídia tem um motivo: o desempenho no Enem é hoje uma das principais formas de acesso a universidades públicas e privadas, além de ser um dos requisitos para se conseguir o financiamento estudantil do Governo Federal, o FIES, ou uma bolsa do ProUni.

É importante saber que ao participar do Enem você não estará disputando diretamente nenhuma posição com os outros estudantes. O Exame, sozinho, não garante vaga em universidades ou programas do governo, ou seja, não é possível “passar no Enem”.

O que acontece, na verdade,  é que a nota obtida no Exame pode fazer toda a diferença quando você se inscreve em algum processo seletivo que utilize esse critério, ou quando não está matriculado em uma escola regular e escolhe fazer o Enem para conseguir o certificado do ensino médio.

Confira cada uma das possibilidades a seguir e veja a pontuação que você precisa ter no Enem para passar em cada uma delas!

Pontuação do Enem para passar na universidade pública: Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi criado em 2009 pelo Governo Federal e usa o Enem como critério para selecionar candidatos a uma vaga em universidades públicasde todo o Brasil, sem precisar fazer o vestibular.

Funciona assim: o interessado se inscreve pela internet, usando o mesmo número de inscrição e senha do Enem do ano anterior. É possível escolher até duas opções de curso entre as vagas disponíveis. O sistema é automático e seleciona os candidatos com maior pontuação do Enem entre os que concorrem a um mesmo curso, turno, faculdade e modalidade de concorrência (cotas ou não).

Para participar do Sisu, o estudante precisa ter feito o Enem no ano imediatamente anterior e não ter zerado na redação. Não existe uma nota mínima para se inscrever, cada universidade define o peso das provas do Enem e o desempenho necessário para concorrer a uma vaga em cada um de seus cursos.

Apesar de não exigir uma nota específica para participar, é importante saber que dificilmente as universidades exigem menos de 450 pontos dos candidatos. Essa é a menor nota que você poderia tirar no Enem para tentar uma vaga no Sisu. Porém, como a concorrência é alta,  é melhor caprichar! Quanto maior sua nota no Enem, maiores as chances de entrar na universidade pública pelo Sisu. Em cursos mais disputados, como Direito, Medicina e Engenharias, as menores pontuações dos selecionados chegam a 800 pontos!

As inscrições para o Sisu são gratuitas e acontecem duas vezes por ano: no primeiro e no segundo semestre.

Saiba tudo sobre o Sisu

Pontuação do Enem para conseguir bolsa em faculdade privada: ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é mais uma iniciativa do Governo Federal que usa a nota do Enem como critério de seleção. A diferença é que no ProUni os participantes disputam bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades privadas cadastradas e reconhecidas pelo MEC.

O processo seletivo acontece totalmente pela internet e oferece milhares de bolsas em todo o Brasil. O candidato se inscreve, seleciona suas opções de curso e o sistema faz a escolha usando a nota do Enem como critério para preencher as vagas.

A participação no ProUni está condicionada a alguns critérios. Ter participado do Enem no ano imediatamente anterior, com pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação é um deles. Os outros critérios são relacionados à renda familiar e ao tipo de escola onde o estudante fez o ensino médio.

Somente pessoas que ainda não têm um diploma de nível superior podem participar do ProUni. As inscrições são gratuitas e o Programa tem duas edições por ano.

Saiba tudo sobre o ProUni  

Pontuação do Enem para conseguir financiamento estudantil: FIES

Em 2015, o programa de financiamento estudantil a juros baixos, o FIES, limitou bastante o número de vagas e agora é necessário passar por um processo seletivo semelhante ao do ProUni para conseguir o benefício.

Além de não ter diploma de nível superior e ter renda familiar bruta mensal de no máximo 2,5 salários mínimos por pessoa, para participar do FIES é necessário ter feito o Enem, obtido pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação. Esta regra vale somente para quem se formou no ensino médio a partir de 2010.

As inscrições para o FIES acontecem todo semestre, são gratuitas e devem ser feitas pela internet.
Veja também: Como usar o FIES para pagar a faculdade

Pontuação do Enem para entrar na faculdade privada sem precisar fazer vestibular

Cada vez mais faculdades, principalmente as privadas, estão usando a nota do Enem como forma de ingresso direto. O que isso significa? O candidato só precisa apresentar a nota do Enem e, se atingir a nota necessária, já pode se matricular. Sem provas e sem estresse!

Cada faculdade exige um desempenho diferente no Exame e há variações de nota mínima entre cursos de uma mesma instituição. Para saber mais detalhes, o ideal é consultar o Edital do processo seletivo da universidade de seu interesse.

Apesar de parecer bom demais para ser verdade, a opção existe em todo o Brasil e o melhor: em faculdades reconhecidas pelo MEC.

Conheça algumas das principais universidades privadas que aceitam a nota do Enem como forma de ingresso:

 

-Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
-Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
-Universidade de Franca (UNIFRAN)
-Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

-União Metropolitana de Educação e Cultura (UNIME)
-Faculdade Pitágoras

-Universidade Estácio de Sá

Pontuação do Enem para obter o certificado do ensino médio

Nem todo mundo sabe, mas é possível usar o Enem para obter o certificado do ensino médio. Para ter direito a essa possibilidade, o candidato deve obrigatoriamente marcar a opção correspondente no momento da inscrição.

Antes de sair apavorado achando que fez tudo errado na hora de se inscrever e vai ficar sem o diploma do ensino médio, respire fundo e continue a ler como funciona!

Se você já estiver matriculado em uma escola regular (pública ou privada) e passar no terceiro ano do ensino médio não precisa se preocupar. O certificado será emitido normalmente pela sua escola.

A opção de obter o certificado do ensino médio pelo Enem serve para aquelas pessoas que, por alguma razão, não estão matriculadas em uma escola regular de ensino médio e querem fazer o Exame para comprovar que dominam o conteúdo e possuem esse nível de escolaridade.

O interessado deve cumprir os seguintes critérios:

-Ter o ensino fundamental (primeiro grau) completo.

-Ter pelo menos 18 anos completos até a data da primeira prova do Enem.

-Marcar, no ato da inscrição, a opção de usar o resultado do Enem para obter o certificado de conclusão do ensino médio e selecionar uma “Instituição Certificadora” (local em que vai retirar o certificado, caso atinja a nota mínima).

-Alcançar pelo menos 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento avaliadas no Enem e pelo menos 500 pontos na redação.

Agora que você já conhece todos os processos em que pode passar usando a nota do Enem, conte para a gente nos comentários: você vai participar de algum deles? Qual?