Veja resumo da história e dos governos de Lula e Bolsonaro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A corrida eleitoral para o Palácio do Planalto, que começou em 16 de agosto com 12 candidatos, afunilou-se em 2 de outubro, quando foi definido o cenário eleitoral para o segundo turno do pleito.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), disputam agora entre si o cargo mais alto da República, no pleito que ocorrerá no dia 30.

Veja resumo da história e dos governos de Lula e Bolsonaro.

LULA

Luiz Inácio Lula da Silva nasceu em 1945 na cidade de Garanhuns. Aos sete anos deixou Pernambuco rumo a São Paulo. Após assumir a presidência do sindicato dos metalúrgicos, Lula liderou as greves gerais de 1979/1980, sendo preso por 31 dias.

Fundador do PT, elegeu-se deputado federal em 1986. Concorreu à Presidência em 1989, 1994 e 1998, elegendo-se para o cargo em 2002, reconduzido em 2006. Deixou o Palácio do Planalto como o presidente mais popular da história.

Seus dois mandatos tiveram bons índices de crescimento econômico, e investimento em infraestrutura básica, como a expansão do programa Bolsa Família, além dos programas Fome Zero e Luz para todos. Apesar disso, foi marcado pelo mensalão, que pagava deputados para aprovar pautas governistas.

Em 2017, Lula foi condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro e foi solto em novembro de 2019, recuperando os direitos políticos após decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de anular suas condenações. Lula está em sua sexta candidatura à Presidência da República.

PLANO DE GOVERNO DE LULA

O plano de governo do petista prioriza a queda da inflação, o fortalecimento das estatais e o enfrentamento à pobreza e à fome, além de fortalecer programas sociais, como o Bolsa Família e o Sistema Único de Assistência Social (Suas), caso seja eleito. Conheça o plano de governo de Lula.

JAIR BOLSONARO

Capitão reformado do Exército, Jair Bolsonaro disputa pela segunda vez a Presidência da República. Em 2018, derrotou Fernando Haddad, do PT, e se elegeu presidente com discurso de que era outsider na política, embora estivesse no sétimo mandato como deputado federal.

De mais de 170 projetos de sua autoria, apenas dois viraram leis. Seus quase 30 anos na Câmara foram pautados pela adoção de um discurso agressivo e radical, incluindo a defesa da ditadura militar, de um novo golpe de Estado, entre outros pontos.

Filiou-se ao PSL em 2018 para se candidatar à Presidência, mas deixou o partido em novembro de 2019 e se juntou ao PL dois anos depois. Em 2022, iniciou sua campanha eleitoral em Juiz de Fora (MG), cidade em que foi vítima de um ataque a faca durante a corrida presidencial para o seu primeiro mandato.

O mandato de Bolsonaro foi marcado pela aprovação da reforma da previdência e pela pandemia de Covid-19, e as reações do chefe do Executivo à compra de vacinas e o isolamento social. Também foi marcado pela aprovação do Orçamento Secreto e pelo escândalo do MEC (Ministério da Educação).

PLANO DE GOVERNO DE BOLSONARO

Entre as propostas apresentadas pelo atual presidente em seu plano, estão a manutenção do Auxílio Brasil em R$ 600, além da redução da carga tributária, o fortalecimento do empreendedorismo e esforços para corrigir a tabela do Imposto de Renda. Confira detalhes do plano de governo de Bolsonaro.

*

NÚMERO DOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Exibidos em ordem alfabética e com nome de exibição das urnas

13 - Lula (PT)

Vice: Geraldo Alckmin (PSB)

22 - Jair Bolsonaro (PL)

Vice: Braga Netto (PL)