Velório de Marília Mendonça começa com cortejo pelas ruas de Goiânia

·1 min de leitura

GOIÂNIA — O corpo da cantora Marília Mendonça deixou o aeroporto de Goiânia nesta sábado, por volta das 11h55 e segue em cortejo até a Goiânia Arena, onde será realizado o velório. Considerada o maior fenômeno musical da atualidade, Marília morreu na queda de um avião de pequeno porte que a levava para um show em Caratinga, Minas Gerais. Além dela, outras cinco pessoas morreram.

O corpo foi recebido no local por familiares e pelo governador do estado, Ronaldo Caiado. Inicialmente, o velório será restrito para parentes e amigos. Por volta das 13h, está prevista a liberação da entrada de fãs e da imprensa.

Na arena, as equipes de alguns cantores sertanejos já chegaram ao local, assim como membros do staff de Maiara e Maraísa, cantoras que iniciaram a turnê "Patroas 35%" com Marília, e da dupla Henrique e Juliano, com quem a cantora fez uma de suas primeiras aparições públicas.

O velório será aberto ao público e à imprensa somente das 13h às 16h. Antes disso, o sepultamento será restrito aos familiares. As primeiras e últimas horas do velório serão exclusivas para família e amigos. Às 17h30, Marília será enterrada no cemitério Parque Memorial, também na capital goiana.

Marília Mendonça viajava em um avião de pequeno porte, modelo Beech Aircraft. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião estava em situação regular e tinha autorização para circulação de táxi aéreo. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) está apurando as circunstâncias do acidente. Na noite de ontem, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou que o avião atingiu um cabo da rede elétrica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos