Velocidade e número de tanques fornecidos são vitais para a Ucrânia, diz Zelenskiy

(Reuters) - A chave para o fornecimento de tanques para a defesa da Ucrânia contra a Rússia é a velocidade e o número suficiente, disse o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, nesta quarta-feira.

Em seu discurso noturno por vídeo, Zelenskiy também disse que conversou com o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, e pediu suprimentos de mísseis e aeronaves de longo alcance para somar aos compromissos dos Estados Unidos e da Alemanha de fornecer tanques de guerra avançados.

“A chave agora é velocidade e volumes. Velocidade no treinamento de nossas forças, velocidade no fornecimento de tanques para a Ucrânia. Os números no apoio aos tanques", disse Zelenskiy.

“Devemos formar uma força de tanques, uma força de liberdade que, depois de atacar, a tirania nunca mais se levante."

A Rússia, que invadiu sua vizinha Ucrânia há 11 meses no que chamou de "operação militar especial" para proteger a segurança russa, condenou a decisão sobre os tanques como uma provocação perigosa.

A Ucrânia e seus aliados ocidentais descrevem a guerra de Moscou como uma apropriação de terras no estilo imperial.

Zelenskiy referiu-se à sua conversa com Stoltenberg dizendo que "devem ser feitos progressos em outros aspectos de nossa cooperação em defesa", ou seja, mísseis de longo alcance, artilharia e aeronaves para a Ucrânia.

“Isto é um sonho. E é uma tarefa. Uma tarefa importante para todos nós", disse Zelenskiy.

(Reportagem de Ron Popeski e Elaine Monaghan)