Velório de Gugu será aberto ao público nesta quinta

Foto: Antonio Chahestian/Record TV

O velório de Gugu Liberato acontece nesta quinta-feira (28) com caixão aberto, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, a partir das 12h. A cerimônia será aberta ao público e se estenderá até às 10h de sexta-feira (29), quando o corpo seguirá em carro de bombeiros para o Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, onde será sepultado no jazigo da família.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

O corpo do apresentador já foi preparado para translado e ficará na funerária até o período da tarde desta quarta-feira (27). Segundo a nota divulgada pela assessoria de imprensa, os familiares virão no mesmo voo para Brasil. A chegada será no aeroporto de Viracopos, em Campinas, às 6h05 da manhã de quinta-feira (28).

Leia também

Em nota, a assessoria afirma que familiares de Gugu não conversarão com a imprensa. O comunicado também pede respeito e garante que não existem motivos para seguir o cortejo até a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

“Os carros têm vidros escuros e não existe nada a registrar. Estaremos transportando uma família completamente abalada e uma senhora de 90 anos, mãe de Gugu. Todos merecem enfrentar este duro momento com a devida privacidade, respeito e segurança”, informa.

A morte de Gugu

Gugu Liberato morreu nesta sexta-feira (22), aos 60 anos, nos Estados Unidos, após cair de uma altura de 4 metros. Com 46 anos de carreira, o apresentador do 'Canta Comigo’ era um dos mais queridos do país.

Ele foi levado inconsciente para o hospital Orlando Health Medical Center, em Orlando, onde ele e família moravam. Ao saber do acontecido a mãe do apresentador e amigos embarcaram para os Estados Unidos para acompanhar a recuperação.

Segundo o boletim médico, Gugu teve morte encefálica. “A morte encefálica foi confirmada pelo Professor doutor Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.”