Velório de Marília Mendonça tem caixa de som em cada esquina e público emocionado

·7 min de leitura
Emoção de artistas, amigos e fãs no velório de Marilia Mendonça, no ginásio Goiânia Arena. Foto: Marcello Dantas/Yahoo
Emoção de artistas, amigos e fãs no velório de Marilia Mendonça, no ginásio Goiânia Arena. Foto: Marcello Dantas/Yahoo

Resumo da notícia

  • Velório de Marília Mendonça em Goiânia causou comoção

  • Cantores sertanejos, amigos e fãs se despediram da cantora neste sábado (6)

  • Expectativa é de que 100 mil pessoas passem pelo local

A comoção tomou conta de Goiânia, com o velório de Marília Mendonça na tarde deste sábado (6), no ginásio Goiânia Arena. Nos arredores do local, não faltaram fãs cantando músicas da sertaneja e demonstrações de emoção, além de depoimentos lembrando a simpatia da rainha da sofrência que conquistou o Brasil. 

A entrada da população foi autorizada às 13h, os portões foram fechados às 16h34 ao público e por volta das 17h10 os corpos saíram do local a caminho do Cemitério Parque Memorial, onde acontecerá o enterro e será reservado aos familiares.

A mãe de Marília, Ruth, chegou próximo ao caixão amparada. O ex-namorado da cantora, o sertanejo Murilo Huff, também ficou bastante emocionado durante a cerimônia, que contou ainda com a presença do governador do estado, Ronaldo Caiado (DEM).

Dona Ruth é amparada pelo marido, Devyd Fabricio, Maiara e Maraísa e Murilo Huff, pai do filho da cantora (Foto: Cristiano Borges e Júnior Guimarães/ AgNews)
Dona Ruth é amparada pelo marido, Devyd Fabricio, Maiara e Maraísa e Murilo Huff, pai do filho da cantora (Foto: Cristiano Borges e Júnior Guimarães/ AgNews)

IMAGENS DO VELÓRIO

Leia também:

Bastante comovidos, artistas como Naiara Azevedo, Gusttavo Lima, Henrique e Juliano, Jorge (da dupla Jorge e Matheus), Sorocaba (da dupla com Fernando) e Mateus (da dupla Mateus e Kauan), fizeram questão de se despedir da amiga e chegaram ao local do velório no início da tarde. Maiara e Maraisa foram as que mais estiveram ao lado do caixão da cantora.

Luísa Sonza, Naiara Azevedo, Maiara e mais famosos se consolam no velório de Marília Mendonça em Goiânia (Foto: J. Lee/ Brazil News)
Luísa Sonza, Naiara Azevedo, Maiara e mais famosos se consolam no velório de Marília Mendonça em Goiânia (Foto: J. Lee/ Brazil News)

O locutor de rodeios Cuiabano Lima e o pai do cantor sertanejo Cristiano Araújo também compareceram ao velório. Henrique e Juliano cantaram na despedida. 

O velório foi marcado por muitos aplausos e muita emoção. Uma mestre de cerimônia fez a liturgia, puxando músicas e orações. Por volta das 15h, os profissionais do cerimonial pediram um momento reservado para que a equipe de Marília que chegou de Minas somente à tarde pudesse se despedir. Tiveram muitas orações no local.

No entorno do espaço onde também está sendo velado o tio e assessor da artista, Abicieli Silveira Dias Filho, há cerca de dez ônibus de outros representantes do gênero musical, que vão prestar homenagens à artista. A cantora partiu precocemente, aos 26 anos, após sofrer um acidente de avião em Piedade de Caratinga (MG), na última sexta-feira (5).

Ônibus de artistas sertanejos estacionados próximo ao ginásio Goiânia Arena, para o velório de Marilia Mendonça. Foto: Marcello Dantas/Yahoo
Ônibus de artistas sertanejos estacionados próximo ao ginásio Goiânia Arena, para o velório de Marilia Mendonça. Foto: Marcello Dantas/Yahoo

Apesar da grande quantidade de pessoas, o ambiente era de organização. Milhares de fãs passam ao lado do corpo para a última despedida.

O músico Murilo Huff, ex de Marília e pai do filho do casal, Leo, se despede da cantora em Goiânia (Foto: J. Lee/ Brazil News)
O músico Murilo Huff, ex de Marília e pai do filho do casal, Leo, se despede da cantora em Goiânia (Foto: J. Lee/ Brazil News)

Desde a madrugada, o ginásio foi preparado para o velório. Cerca de 65 coroas de flores e um enorme cartaz com a foto da artista e os dizeres "Para sempre em todos os cantos", em referência à turnê em que viajou o país em 2019, marcam as homenagens a Marilia Mendonça durante o velório. 

Cartaz homenageia Marilia Mendonça no velório da cantora, no ginásio Goiânia Arena. Foto: Marcello Dantas/Yahoo
Cartaz homenageia Marilia Mendonça no velório da cantora, no ginásio Goiânia Arena. Foto: Marcello Dantas/Yahoo
<p>Imprensa nacional cobre o velório de Marília Mendonça e o tio, Abicieli Silveira no Ginásio Goiânia Arena, em Goiás (fotos: Marcello Dantas/Yahoo! Vida e Estilo)</p>
Imprensa nacional cobre o velório de Marília Mendonça e o tio, Abicieli Silveira no Ginásio Goiânia Arena, em Goiás (fotos: Marcello Dantas/Yahoo! Vida e Estilo

Os corpos de Marília e Abicieli chegaram à cidade pouco antes das 11h, no hangar Governador José Ludovico Teixeira, no antigo aeroporto de Goiânia. 

Os carros funerários deixaram o hangar do estado às 12h em um comboio simples. Antes da saída, o fluxo de veículos com parentes, amigos e artistas foi intenso.

Despedida provocou trânsito intenso

Com a grande quantidade de pessoas circulando na área, o trânsito na região do ginásio Goiânia Arena ficou conturbado. Agentes da Secretaria Municipal de Mobilidade de Goiânia orientavam quem passava pelo local. 

<p>Marília Mendonça e o tio, Abicieli Silveira, são velados no Ginásio Goiânia Arena, em Goiás (fotos: Marcello Dantas/Yahoo! Vida e Estilo)</p>
Marília Mendonça e o tio, Abicieli Silveira, são velados no Ginásio Goiânia Arena, em Goiás (fotos: Marcello Dantas/Yahoo! Vida e Estilo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também faz o controle do trânsito, pois motoristas que trafegam pela BR-153, que é uma das mais movimentadas do país e margeia a região, paravam para ver o velório.

Por volta das 17h, os caixões deixaram o ginásio e seguiram em cortejo até o cemitério.

Fãs se despedem de Marília Mendonça e o tio, Abicieli Silveira, em Goiás (fotos: Marcello Dantas/Yahoo! Vida e Estilo)
Fãs se despedem de Marília Mendonça e o tio, Abicieli Silveira, em Goiás (fotos: Marcello Dantas/Yahoo! Vida e Estilo)
Corpo de Marília Mendonça e o tio, Abicieli Silveira, são colocados em carro aberto do Corpo de Bombeiros para trajeto até o cemitério em Goiás (fotos: Marcello Dantas/Yahoo! Vida e Estilo)
Corpo de Marília Mendonça e o tio, Abicieli Silveira, são colocados em carro aberto do Corpo de Bombeiros para trajeto até o cemitério em Goiás (fotos: Marcello Dantas/Yahoo! Vida e Estilo)

O acidente de avião fez cinco vítimas fatais. A cantora, que tinha um show agendado na cidade, e o tio também viajavam com o produtor Henrique Bahia. Os três, assim como o piloto, Geraldo Martins de Medeiros Júnior, e o copiloto, Tarciso Pessoa Viana, também não resistiram à queda da aeronave.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Aeronáutica, vai apurar as causas do acidente.

Entenda o acidente

O avião no qual a cantora viajava de Goiânia para Minas Gerais, onde faria um show, caiu em uma cachoeira no município de Piedade de Caratinga (MG).

"O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais", informou a nota. Inicialmente, a assessoria de imprensa da cantora confirmou o acidente e disse que a artista "estava bem".

Os cinco bombeiros, que trabalharam no resgate, tiveram dificuldade no resgate por conta das pedras escorregadias. É um região de mata e com cachoeiras. Segundo informação da equipe local de socorristas, o tanque de combustível teria vazado e se espalhado, mas levado pela correnteza sem chance de incêndio.

Cerca de três horas antes, Marília publicou um vídeo nas redes sociais mostrando seu embarque e falando sobre a culinária mineira. A cantora estava viajando pela "Turnê Todos os Cantos", projeto iniciado em 2019. Segundo a Rádio Caratinga, vazou combustível da aeronave.

Carreira

Marília Mendonça não começou na música como cantora. A artista, que compõe desde os 12 anos, destacou-se com as letras de sofrência muito cedo. O potencial vocal também era notado na igreja e nos bares de Goiânia, onde fazia breves apresentações para amigos e familiares.

Foi em 2015 que Marília resolveu se posicionar, de fato, como cantora. Ela gravou seu primeiro DVD e deslanchou com os sucessos "Sentimento Louco" e "Infiel". De lá para cá, a sertaneja não parou mais.

Em 2016, por exemplo, Marília lançou seu segundo DVD, intitulado de "Realidade". A gravação aconteceu no dia 08 de outubro no Sambódromo de Manaus. A cantora, que começou com uma média de 15 shows por mês, passou a fazer 25.

Conhecida como rainha da sofrência, Marília acumula músicas em trilhas sonoras de novelas e feats com outros artistas grandes, como Anitta. Em 2019, ela deu início ao projeto "Todos os Cantos". A gravação do DVD virou série do Globoplay.

Feminejo

Marília Mendonça representou e encorajou mulheres cantando músicas sem esconder o lado ruim dos relacionamentos. Em vários canções, a artista falou sobre os "chifres" que levou ao longo da vida e como superou cada uma dessas fases. Feminista, ela também exaltou o amor próprio e a importância de se sentir bem mesmo estando sozinha.

O título "rainha da sofrência" foi questionado quando Marília assumiu seu relacionamento com Murilo Huff e engravidou de Léo. Na época, a artista surpreendeu ao comentar a repercussão: "A Marília sofredora sempre foi um personagem. Sempre deixei minha vida amorosa no sigilo”, disse.

* Com informações de Marcello Dantas, de Goiânia

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos