Vencedora do Oscar por 'Feitiço da lua', Olympia Dukakis morre aos 89 anos

O Globo
·1 minuto de leitura

Vencedora do Oscar de atriz coadjuvante em 1988 pelo filme 'Feitiço da lua', Olympia Dukakis morreu neste sábado aos 89 anos, em sua casa em Nova York. A causa da morte não foi revelada.

A informação foi confirmada pelo irmão da atriz, Apollo Dukakis, pelas redes sociais. "Minha amada irmã, Olympia Dukakis, faleceu esta manhã na cidade de Nova York. Depois de muitos meses de saúde debilitada, ela finalmente está em paz e com seu Louis", escreveu Apollo em seu perfil no Facebook.

Em 'Feitiço da lua', Olympia interpretou Rose Castorini, mãe da protagonista Loretta (interpretada por Cher), uma jovem viúva que está noiva mas muda seus planos de casamento ao conhecer e se apaixaonar por seu seu futuro cunhado. O longa também rendeu a Cher o Oscar de melhor atriz. A dupla recebeu ainda o Globo de Ouro em 1988 por suas performances no filme.

Filha de imigrantes gregos, Olympia tinha o sonho de atur, mas seus pais insistiram que ela estudasse algo mais prático, o que a levou a estudar fisioterapia na Universidade de Boston. Depois de trabalhar em hospitais de Marmet (West Virginia) e Boston, ela voltou à universidade para estudar arte dramática. No teatro, integrou o lenco de peças como “Mãe coragem e os seus filhos”, de Bertolt Brecht, e “Longa jornada noite adentro”, de Eugene O'Neill. Por duas décadas ela dirigiu a Whole Theatre Company em Montclair, Nova Jersey, que se especializou em dramas clássicos.

Um dos trabalhos mais recentes da atriz foi a série "Crônicas de São Francisco", exibida pela Netflix.