'Venceremos!', diz opositora bielorrussa ao receber prêmio Sakharov

·1 minuto de leitura
A líder opositora bielorrussa Svetlana Tikhanovskaya após receber o prêmio Sakharov de direitos humanos em Bruxelas

A líder da oposição bielorrussa Svetlana Tikhanovskaya afirmou nesta quarta-feira (16) em Bruxelas que o movimento que lidera contra o governo de Alexander Lukashenko vencerá, apesar da repressão brutal.

"Estamos destinados a vencer, e venceremos", disse Tikhanovskaya na sede do Parlamento Europeu ao receber o prêmio Sakharov dos direitos humanos, a premiação máxima concedida pela UE.

"Pela terceira vez em 20 anos os bielorrussos foram honrados com o prêmio Sakharov. Existe motivação melhor para continuar?", questionou a líder opositora, que vive em exílio na Lituânia.

Para Tikhanovskaya, "um muro invisível de medo foi construído ao nosso redor, e nos contém há três décadas".

Mas "unidos em nossa aspiração por uma mudança, estamos convencidos que este muro pode ser derrubado tijolo por tijolo, superando nossos medos".

Belarus está há vários meses paralisada por manifestações opositoras, que não aceitam o resultado das eleições presidenciais realizadas em 9 de agosto que permitiram uma nova reeleição de Lukashenko.

A UE não reconhece o resultado dessas eleições de 9 de agosto e considera que seu governo carece de "legitimidade democrática".

ahg/zm/aa