Vendas de imóveis residenciais em SP crescem 21,5% em 2014

SÃO PAULO - No primeiro mês do ano, mais de 1.030 imóveis novos residenciais foram comercializados na cidade de São Paulo, informou um levantamento do Secovi-SP (Sindicato da Habitação). O número representa um crescimento de 21,5% sobre janeiro de 2013, quando foram compradas 848 unidades.

Na contramão, os lançamentos residenciais na capital paulista tiveram redução de 37,4% em relação ao volume registrado em janeiro. Foram 413 imóveis inaugurados, contra 660 no mesmo período do ano anterior. Já as vendas de janeiro movimentaram R$ 484,2 milhões, alta anual de 10,1%.

Na avaliação do presidente da entidade, Flávio Prando, os números de janeiro refletem o comportamento que o mercado imobiliário apresentou ao longo de 2013. “Apesar da percepção generalizada de que a economia nacional está ruim, os fundamentos que estimulam o mercado imobiliário continuam bons e fortes, o que nos leva a manter a perspectiva de estabilidade em lançamentos e vendas para este ano.”

Imóveis Quase 82% dos imóveis comprados em janeiro foram de 2 a 3 dormitórios, sendo que os de 2 dormitórios representaram a metade das vendas (49,9%). Entre os imóveis lançados no período, os de um dormitório participaram com 39,5% do total. Os de 2 dormitórios ocuparam a segunda colocação em lançamentos, representando 32%.

Região metropolitana No primeiro mês de 2014, a Região Metropolitana de São Paulo registrou a venda de 2.226 unidades, sendo 46,3% somente na capital paulista. Ou seja, as demais cidades somaram 53,7% (1.196 unidades).

O volume comercializado na região cresceu 3,5% em relação a janeiro de 2013, quando foram vendidas 2.150 unidades.

Carregando...