Vendas no varejo dos EUA caem pelo 2º mês consecutivo em março

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas no varejo dos Estados Unidos caíram pelo segundo mês consecutivo em março em meio ao enfraquecimento da demanda por automóveis, sugerindo que o crescimento econômico desacelerou abruptamente no primeiro trimestre.

O Departamento de Comércio dos EUA informou nesta sexta-feira que as vendas no varejo recuaram 0,2 por cento no mês passado. O órgão também revisou a leitura de fevereiro para queda de 0,3 por cento, ante ganho de 0,1 por cento reportado inicialmente.

O recuo em fevereiro foi o primeiro e o maior em quase um ano. Economistas consultados pela Reuters previam que as vendas no varejo caíssem 0,1 por cento em março. Na comparação com o mesmo mês de 2016, o indicador subiu 5,2 por cento.

Sem considerar automóveis, gasolina, materiais de construção e serviços alimentícios, as vendas no varejo aumentaram 0,5 por cento, após o declínio de 0,2 por cento de fevereiro.

(Por Lucia Mutikani)