Vendas no varejo sobem 1,2% em julho, o quarto mês seguido de alta

·1 minuto de leitura

RIO - As vendas do varejo brasileiro avançaram 1,2% em julho, em relação a junho, de acordo com dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) divulgados nesta sexta-feira. Foi o quarto mês seguido de alta.

Especialistas ouvidos pela Reuters previam alta de 0,7% no mês. Com o resultado, o setor acumula alta de 5,9% em 12 meses.

Entre as oito atividades pesquisadas, cinco tiveram taxas positivas em julho. A alta mais intensa foi a de outros artigos de uso pessoal e doméstico (19,1%).

“Vemos uma trajetória de recuperação dessa atividade, que acaba fazendo grandes promoções, num momento de abertura e maior flexibilização do isolamento social", explica o gerente da PMC, Cristiano Santos.

Perspectivas

Especialistas avaliam que o avanço da vacinação tende a reduzir a necessidade de restrições à mobilidade e aumentar a confiança dos consumidores. Por outro lado, o desemprego elevado, a escalada da inflação e o crédito mais caro, em razão da elevação dos juros, desafiam a resiliência do comércio na retomada no segundo semestre e impactam o consumo das famílias.

Índice de Confiança do Comércio (ICOM), do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV, recuou 0,1 ponto em agosto, ao passar de 101,0 para 100,9 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos