Vendas de novas moradias nos EUA caem com força em março

·1 min de leitura
Placa de "Vende-se" em frente a casa residencial em Seattle, nos EUA

WASHINGTON (Reuters) - As vendas de novas moradias para uma única família nos Estados Unidos caíram em março, com a disparada das taxas de hipoteca e dos preços reduzindo a capacidade aquisitiva, embora o mercado imobiliário permaneça sustentado por uma forte escassez de propriedades usadas.

As vendas de novas moradias despencaram 8,6%, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 763 mil unidades no mês passado, disse o Departamento do Comércio nesta terça-feira.

O ritmo de vendas de fevereiro foi revisado para cima para 835 mil unidades, ante 772 mil informadas anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters projetavam queda das vendas de novas moradias para uma taxa de 765 mil unidades. Na comparação anual, houve recuo de 12,6% em março.

A taxa fixa de hipoteca de 30 anos ficou em média em 5,11% durante a semana encerrada em 21 de abril, nível mais elevado desde abril de 2010 e ante 5,0% na semana anterior, de acordo com dados da agência Freddie Mac.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos