Vendaval no Rio derruba árvores; na Rua São Clemente, queda de Palmeira Imperial provoca fogo e bloqueia trânsito

·1 minuto de leitura

RIO — Os ventos fortes que atingiram o Rio na manhã e no início da tarde deste sábado provocaram a queda de árvores em diversos cantos da cidade. Houve pelo menos três registros até o momento, sendo o mais grave em Botafogo, na Rua São Clemente, onde uma palmeira imperial tombou, provocando incêndio na fiação de um poste. O acidente aconteceu na altura do Consulado de Portugal e o trânsito foi afetado na região.

A Rua São Clemente foi interditada porque a palmeira cruzou todo a pista e atingindo a área de entrada do prédio em frente. A fiação rompida pela árvore ficou pegando fogo por mais de uma hora. A palmeira chegou a atingir a parte de trás de um ônibus passavano local, mas ninguém ficou ferido.

Também houve queda de árvores no Estrada Grajaú Jacaraepaguá, na altura do km 5, sentido Grajaú, e na Rua Pinheiro Machado, em Laranjeiras, na altura do Palácio Guanabara, sentido Botafogo. Em todos os casos, a Comlurb foi acionada para fazer a remoção das árvores e as vias foram interditadas.

Segundo o Centro de Operações Rio, os ventos chegaram a 57,6 km/h no Forte de Copacabana entre 11h e meio-dia, 57,5 km/h no Vidigal, 57,4 km/h no Aeroporto do Galeão e 59,8 km/h na Vila Militar, em Realengo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos