Venezuela condena 'espiral de violência' em Washington

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOHLAPRESS) - Em nota divulgada pelo ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, Caracas condenou a "polarização política e a espiral de violência" vista nos protestos desta quarta-feira (6) em Washington. Segundo o regime, a manifestação escancara "a profunda crise que o sistema político e social dos Estados Unidos atravessa". "Com este lamentável episódio, os EUA padecem daquilo que causaram a outros países com suas políticas de agressão", continua o comunicado. A chancelaria também afirmou que espera que os atos de violência cheguem ao fim e que "o povo americano abra um novo caminho em direção à estabilidade e à justiça social".