Venezuela e Colômbia concordam em restabelecer embaixadores após posse de Petro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Venezuela e a Colômbia vão restabelecer suas relações diplomáticas a nível de embaixadores a partir de 7 de agosto, quando o presidente eleito de esquerda Gustavo Petro assumir o cargo, anunciaram representantes dos dois países, nesta quinta-feira (28).

O ministro venezuelano de Relações Exteriores, Carlos Faría, recebeu o chanceler designado da Colômbia, Álvaro Leyva, em San Cristóbal, capital do estado de Táchira, localizado em uma fronteira que já foi uma das mais ativas da região.

Ambos os representantes, segundo um comunicado lido por Leyva, "manifestaram sua vontade de avançar em uma agenda de trabalho para a normalização gradual das relações binacionais a partir do próximo 7 de agosto com a nomeação de embaixadores e demais funcionários diplomáticos e consulares".

Desde sua campanha, Petro adiantou que restabeleceria as relações com a Venezuela, rompidas desde 2019, quando o governo do atual presidente Iván Duque não reconheceu a reeleição de Nicolás Maduro e apoiou a proclamação do opositor Juan Guaidó como presidente em exercício.

Não há consulados nem voos diretos e a fronteira ficou fechada entre 2019 e outubro de 2021. Além disso, são constantes as denúncias de Maduro contra Duque por supostos planos para derrubá-lo.

Petro e Maduro já conversaram por telefone após sua eleição em 19 de junho como o primeiro presidente de esquerda da Colômbia.

A agenda bilateral é complicada, com um tema em evidência: a porosa fronteira comum dos dois países, de mais de 2.000 km, que milhões de venezuelanos já cruzaram fugindo da crise, marcada por denúncias sobre a presença de guerrilhas, paramilitares e o tráfico de drogas.

Também figura na pauta o comércio bilateral, que já deu passos esperançosos.

"Conversamos e concordamos que temos que trabalhar em prol da paz e da segurança de nossas fronteiras. Falamos da abertura gradual da fronteiro, aspecto esse que vai beneficiar de forma direta nossos povos", declarou Faría.

str-ba-jt/dga/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos