Vereador agride e ameaça advogado durante programa de rádio no Ceará; veja o vídeo

·2 minuto de leitura
  • Advogado fez críticas a políticos que votaram favoravelmente a um PLC

  • Thiago do Ivan (PDT), então, invadiu o estúdio e acertou um golpe na cabeça do rapaz

  • O político ainda xingou o participante do programa e o ameaçou

Um vereador da cidade de Catunda, no Ceará, ofendeu e agrediu um advogado que participava de um programa em uma rádio local na última segunda-feira. Assessor jurídico do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Ronaldo Farias Feijão foi atacado por Thiago do Ivan (PDT).

A ação foi filmada e transmitida ao vivo pela rádio. Ronaldo, de 44 anos, manifestava-se contra os políticos que votaram favoravelmente ao Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 379/2021, que prevê mudanças no regime jurídico dos servidores, quando Thiago invadiu o estúdio.

Leia também

As imagens mostram o político acertando um golpe na cabeça do advogado, que chega a cair da cadeira em que estava sentado. Thiago, então, encurrala Ronaldo contra a parede e dá início a uma série de agressões verbais e ameaças.

Advogado foi agredido e ofendido por vereador no Ceará - Foto: Reprodução
Advogado foi agredido e ofendido por vereador no Ceará - Foto: Reprodução

“Quando você falar de mim, fale como homem. Você falar essas m… que está falando aqui, precisa falar a verdade. Eu votei naquele projeto lá? Votei. Agora, você, a partir de hoje, quando falar de mim, faz feito homem. Seu m… Você é um b… Nem homem você é, você é um m… Vim só dar o meu recado. Você vai ver da próxima vez”, diz o vereador, que ainda desafia o advogado a “falar meu nome de novo”.

Ainda irritado, Thiago chuta uma cadeira antes de deixar o estúdio. Inconformado, Ronaldo questiona se os outros participantes do programa “viram isso aqui” antes de também deixar o local.

OAB manifesta repúdio pelo ocorrido

A Rádio Planalto FM, que transmitia o programa, manifestou que “lamenta o episódio e entende que a capacidade do diálogo norteia a boa convivência".

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Sobral também divulgou nota de repúdio ao episódio. “Informamos que todas as medidas legais cabíveis estão sendo verificadas junto ao colega ofendido e serão tomadas com o devido rigor e apoio da OAB Subsecção Sobral, nas esferas disciplinar, cível e criminal."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos