Vereador do PT é detido em Fortaleza acusado de ter atropelado mulher após discussão

·1 min de leitura

Um dos veradores mais antigos de Fortaleza, que está em seu quarto mandato, Ronivaldo Maia (PT) foi autuado em flagrante na noite de segunda-feira acusado de ter atropelado uma mulher. O parlamentar, que fez carreira política como líder estudantil, teria passado com o carro propositalmente sobre a vítima, que saiu do veículo após uma discussão. O bate-boca, de acordo com as testemunhas, aconteceu no bairro Conjunto Ceará.

Ronivaldo é professor de história, formado pela Universidade Estadual do Ceará (Uece). Ele despontou na vida pública à frente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Fortaleza, entiidade que presidiu aos 17 anos. Durante a gestão da prefeita Luiziane Lins, ele ocupou o cargo de presidente da Empresa Municipal de Limpeza e Urbanização (Emlurb). Seu primeiro mandato como vereador teve início em 2009.

A assessoria do vereador ainda não se pronunciou sobre o caso. Entre as pautas defendidas pelo vereador, está o combate à violência contra a mulher, tema que era recorrente em seus discursos.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, uma denúncia chegou à Polícia Militar sobre um casal discutindo dentro do carro. A mulher, que teria cerca de 36 anos, saiu do veículo, e o parlamentar acelerou passando por cima dela. Ela foi socorrida por parentes. Ronivado foi detido num posto de gasolina por policiais. A vítima foi internada num hospital da região.

Ronivaldo Maia foi levado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza. A polícia agora busca por testemunhas que possam ajudar a eliucidar o que aconteceu. O verador é casado e tem três filhos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos