#Verificamos: É falso que Gilmar Mendes mandou remover perfis de Carlos Bolsonaro em redes sociais

Reprodução

por Chico Marés

Circula nas redes sociais que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes determinou a remoção dos perfis do vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), das redes sociais. Na manhã desta terça-feira (12), os perfis do vereador no Twitter, Facebook e Instagram estavam fora do ar. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da ​Lupa​:

Reprodução

“Urgente! Carlos Bolsonaro foi expulso de todas as redes sociais (Twitter, Face, Instagram) por ordem de Gilmar Mendes após a mobilização da hashtag #ImpeachmentGilmarMendes”
Texto em imagem publicada no Facebook que, até as 15h30 do dia 12 de novembro de 2019, tinha sido compartilhada por mais de 43 mil pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Segundo a assessoria de imprensa do Supremo Tribunal Federal (STF), não há “ação que trate desse tema, ou decisão nesse sentido” no sistema de acompanhamento processual da corte. O Twitter negou, em nota, ter removido o perfil do vereador.

A assessoria de imprensa do Facebook, empresa que também é proprietária do Instagram, disse que a informação não é verdadeira.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook