#Verificamos: É falso que Maduro tenha pedido apoio ao Exército brasileiro para ‘derrubar’ Bolsonaro

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)

por Chico Marés

Circula nas redes sociais que o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, teria pedido ao exército brasileiro “para derrubar Bolsonaro”. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

Reprodução

“Maduro pede apoio ao Exército Brasileiro para ‘derrubar’ Bolsonaro”
Conteúdo publicado nos sites Diário do Brasil e Vindo dos Pampas, com mais de 700 compartilhamentos no Facebook até as 18h do dia 21 de maio

FALSO

O conteúdo analisado pela Lupa é falso. O texto em si, publicado inicialmente pelo site Diário do Brasil no dia 18 de maio, é uma cópia de apenas três parágrafos de uma reportagem publicada pelo Estadão, com informações também da AFP e da EFE, em 13 de abril com o título “Maduro apela a militares brasileiros contra ‘loucura de Bolsonaro’”.

Esta reportagem, que tem cinco parágrafos a mais do que o conteúdo publicado pelos sites em questão, descreve um pedido de Maduro para que os militares brasileiros não permitam que o presidente do Brasil declare guerra à Venezuela. O texto não menciona, portanto, que o presidente venezuelano tenha intenção de “derrubar” o brasileiro.

Na ocasião, Maduro fez um discurso no qual pedia que os militares brasileiros detivessem “a loucura de Jair Bolsonaro e sua ameaça de guerra contra a Venezuela”. Ele também criticou duramente o brasileiro, a quem chamou de “filhote de fascista” e “imitador de Hitler”. Porém, em momento algum ele falou sobre tirar o presidente brasileiro do poder.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.