#Verificamos: É falso que prefeito de Londres simulou vacinação contra Covid-19

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
(Foto: Reprodução/Facebook)
(Foto: Reprodução/Facebook)

por Samuel Costa

Circula nas redes sociais uma foto em que o prefeito de Londres, Sadiq Khan, supostamente estaria sendo vacinado contra a Covid-19. A injeção, porém, ainda está lacrada e Khan estaria com as mangas da camisa abaixadas. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

(Foto: Reprodução/Facebook)
(Foto: Reprodução/Facebook)

“Este é o Prefeito de Londres, subestimando a população mundial , tomando a vacina, sem tirar a proteção da agulha, e sem levantar a camisa.”

Texto que acompanha imagem publicada no Facebook que, até às 15h55 do dia 18 de dezembro de 2020, tinha sido compartilhada por 362 pessoas.

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A foto utilizada não foi feita neste mês de dezembro, quando o Reino Unido iniciou a vacinação contra o novo coronavírus. Essa imagem foi publicada no dia 28 de setembro de 2020, no Twitter do prefeito de Londres, Sadiq Khan, no início da campanha de vacinação sazonal contra a gripe. No tuíte, ele diz que pessoas que se enquadram em grupos de risco podem se vacinar gratuitamente em farmácias e postos de saúde.

Como pode ser observado, a foto foi tirada antes da aplicação da vacina, e não durante. O protetor da agulha não tinha sido retirado, e o enfermeiro responsável não estava realizando a injeção, e sim levantando a manga da camisa de Khan. A imagem não prova, portanto, que ele não foi vacinado — como sugeriram produtores de desinformação à época.

Ao Full Fact, o porta-voz de Khan explicou que a aplicação do imunizante ocorreu após a realização da foto. A mesma imagem, com texto muito semelhante ao que circula no Brasil, circulou pelas redes sociais italianas e foi checada pelo Facta.

Recentemente, outra peça de desinformação acusava o Reino Unido de fraude, ao insinuar que um senhor teria recebido a vacina contra a Covid-19 sobre a roupa. O hospital, em que a imagem havia sido feita, explicou à Lupa que o momento registrado era anterior à aplicação da vacina, quando os profissionais da saúde informam aos pacientes como será feita a aplicação.

O United Kingdom National Health Service (NHS), sistema público de saúde britânico, comunica em seu site que a vacina contra o novo coronavírus cumpriu as exigências regulatórias e que o local de aplicação da vacina é na parte superior dos braços.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos