Vermont e Delaware elegem primeiras legisladoras trans

·1 minuto de leitura
A ativista dos direitos LGBT Sarah McBride (em foto de julho de 2016) se tornou a primeira trans eleita senadora do estado de Delaware
A ativista dos direitos LGBT Sarah McBride (em foto de julho de 2016) se tornou a primeira trans eleita senadora do estado de Delaware

Candidatas democratas de Delaware e Vermont fizeram história na terça-feira (3), ao se tornarem as primeiras legisladoras abertamente transsexuais eleitas em seus estados.

Sarah McBride, de 30 anos, se tornou a primeira senadora trans do estado de Delaware, arrebatando 86% dos votos no primeiro distrito estadual para o Senado. Ela também é a primeira senadora estadual abertamente transsexual dos Estados Unidos e a transsexual no posto mais alto no país.

"Nós conseguimos. Vencemos as eleições gerais. Obrigada, obrigada, obrigada", tuitou McBride na noite desta terça.

"Eu espero que o dia de hoje mostre a um garoto LGBTQ que nossa democracia é grande o bastante para ele também", emendou.

Mais ao norte, em Vermont, Taylor Small, de 26 anos, se tornou a primeira representante (deputada) transgênero, obtendo 43% dos 41% dos votos em seus dois distritos.

"Quinta legisladora trans do país!", tuitou ela.

A vitória das duas ocorre alguns anos depois de a democrata Danica Roem se tornar a primeira legisladora abertamente trans nos Estados Unidos. Roem foi eleita para a assembleia do estado da Virgínia em 2017.

O Victory Fund, um comitê de ação política concentrado em aumentar o número de autoridades LGBTQ eleitas nos Estados Unidos, parabenizou Small no Twitter, escrevendo: "Fez História!"

O grupo também parabenizou McBride: em um comunicado publicado na internet, a diretora do fundo, Annise Parker, disse que a vitória de McBride é "um lembrete poderoso de que os eleitores estão cada vez mais rejeitando a política de preconceito a favor de candidatos que defendem a igualdade".

to/st/mvv