Verstappen vence sprint em Ímola e Leclerc amplia liderança na F1

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Verstappen celebra vitória de sprint em Ímola
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Alan Baldwin

ÍMOLA, Itália (Reuters) - O campeão de Fórmula 1 Max Verstappen conquistou a pole position no Grande Prêmio da Emilia Romagna em corrida sprint neste sábado, mas Charles Leclerc, da Ferrari, ainda ampliou sua vantagem geral para 40 pontos.

O piloto holandês já havia garantido a pole oficial na qualificatória de sexta-feira para a corrida, mas o resultado deste sábado tornou isso concreto, além de lhe render oito pontos.

Leclerc assumiu a liderança na largada e a manteve durante um período inicial de safety car, antes de Verstappen compensar sua largada ruim e passar o monegasco --cujos pneus estavam se deteriorando rapidamente-- com um movimento tardio pelo lado de fora.

Carlos Sainz, da Ferrari, subiu para o segundo lugar na classificação do campeonato depois de saltar do 10º para o quarto lugar na corrida, atrás de Sergio Perez, da Red Bull, em Ímola.

Verstappen agora está 45 pontos atrás de Leclerc.

A primeira corrida da temporada atribuiu pontos aos oito primeiros colocados, em vez do pódio, como foi o caso do ano passado.

Lando Norris e Daniel Ricciardo, da McLaren, terminaram em quinto e sexto, com Valtteri Bottas em sétimo para a Alfa Romeo e Kevin Magnussen marcando o ponto restante para a Haas depois de largar em quarto lugar.

"Minha largada não foi muito boa e demorei um pouco para tentar colocar pressão", disse Verstappen, que fez sua jogada a duas voltas do final.

A campeã Mercedes teve uma tarde difícil na Itália, com George Russell terminando em 11º e perdendo o segundo lugar na classificação, enquanto o heptacampeão mundial Lewis Hamilton ficou em 14º --um lugar abaixo de onde começou.

O companheiro de equipe de Magnussen na Haas, Mick Schumacher, garantiu largada em 10º lugar, com chance de conquistar seu primeiro ponto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos