Veste Rio: André Carvalhal, Sharon Azulay e Roberta Ribeiro debatem o futuro do varejo depois da pandemia

O Globo
·2 minuto de leitura
Reprodução
Reprodução

O segundo dia de talk do Veste Rio contou com André Carvalhal, Sharon Azulay e Roberta Ribeiro, que conversaram sobre o futuro do varejo depois da pandemia. A mediação foi da editora de moda, Patricia Tremblais. O bate-papo foi transmitido on-line no site do evento (vesterio.rio), no YouTube do GLOBO e no Facebook da ELA e da "Vogue" Brasil. O maior evento de moda do país — o único que reúne desfiles, Salão de Negócios, palestras e outlet virtual — está na nona edição, a primeira em versão digital. O projeto prossegue até quinta-feira.

Roberta é diretora de marca e produto da Maria Filó; Sharon é diretora criativa da BlueMan; e Carvalhal é escritor e consultor especializado em design para sustentabilidade. Durante a conversa, o trio ressaltou a importância do digital nos novos tempos, com dicas para marcas pequenas, e como o consumo e a produção conscientes são obrigatórios para os próximos anos.

"Lançamos nosso e-commerce em 2018. Ou seja: era algo bastante novo para a gente essa coisa da compra on-line. Logo no começo da pandemia, percebemos que o digital seria nossa maior fortaleza, nosso diamante, e que teríamos que trabalhar, nos reinventar para trazer essa experiência. Em pouquíssimo tempo, transformamos esse canal. Fizemos em um mês o que não fizemos em dois anos. Saímos de uma venda zerada para números expressivos. Clientes novos passaram a se relacionar com a marca. No fim, a pandemia fez o e-commerce virar o carro-chefe da marca", disse Roberta.

Sharon acrescentou: "Em 2022, vamos completar 50 anos. Nosso canal de vendas on-line era um neném perto de marcas nativas da internet, que investem nisso há tempos. Começamos a pensar e, outras possibilidades, como códigos de vendedores para todos. Fizemos uma revolução em um mês. Não foi fácil. O digital foi crucial para passarmos por tudo isso".

Para Carvalhal, a pandemia acelerou processos que estavam em curso. "O varejo fisico vai ter sua importância para sempre, é o lugar em que as marcas conseguem contruir sensações. Acho que teremos uma fusão desses dois universos. Agora, as lojas virtuais estão no primeiro plano, mas em algum momento vai acontecer uma corrida", observou.

O Veste Rio é apresentado pelo Santander com realização das revistas ELA e “Vogue” Brasil.