Vestido de noiva da princesa Diana é destaque da exposição sobre a moda da realeza

·4 minuto de leitura
Diana em seu casamento (foto: reprodução Pinterest)
Princesa Diana em seu casamento (foto: Reprodução/Pinterest)

Pela primeira vez em 25 anos, o vestido de noiva da princesa Diana entrou em exibição, pois os filhos deram permissão para incluir a peça em uma exposição sobre a moda da realeza.

A mostra Royal Style in the Making será realizada no Palácio de Kensington a partir de 2 de junho, apresentando também a roupa que a princesa usou depois do casamento e o vestido de coroação da rainha.

Criado por David e Elizabeth Emanuel, o vestido de noiva de Diana é de seda marfim e tafetá puro, decorado com 10 mil pérolas e uma cauda de mais de 7 metros.

Leia também

O vestido faz parte da coleção privada dos príncipes William e Harry. Por isso, segundo um antigo curador da organização Historic Royal Palaces, só pode ser exibido com a autorização dos dois.

Não foi divulgado quando os irmãos deram permissão, mas a exposição só foi anunciada no final de abril. No entanto, a Royal Historic Palaces diz que está tentando exibir o vestido desde 2017.

William, 38, e Harry, 36, fizeram declarações sobre a mãe após a divulgação de uma denúncia sobre a forma como Martin Bashir conseguiu garantir a entrevista com a princesa na BBC em 1995.

Os dois foram bastante críticos, mas suas declarações tinham pouco em comum uma com a outra. Dizem que eles voltaram a se falar, mas não conseguiram resolver a briga que tiveram.

Comentando sobre a exposição, a Historic Royal Palaces declarou: "O vestido, emprestado por Suas Altezas Reais Duque de Cambridge e Duque de Sussex, é um dos mais famosos na história dos casamentos e tem um corpete ajustado no centro, tanto na frente quanto atrás, com barras de renda Carrickmacross, tecido que pertenceu à rainha Mary, bisavó do noivo".

"O decote levemente cavado, com grandes mangas bufantes, é adornado com laços e babados de tafetá, um estilo popularizado pela princesa no início da década de 1980. A saia rodada é sustentada por várias anáguas de rede mais rígida, formando a famosa silhueta."

Foi exibido no palácio de Kensington em 1995 e depois na casa onde a princesa cresceu, em Althorp.

Além das roupas, a exposição apresenta os desenhos dos estilistas que trabalharam com a realeza ao longo dos anos.

A exposição promete mostrar a "íntima relação entre os estilistas e os cliente da realeza", revelando como foram os pedidos e quais foram os resultados — algumas das peças mais famosas da história real.

As roupas de Diana não são as únicas atrações. A exposição também apresenta uma tela da rainha Elizabeth, o vestido de coroação da Rainha Mãe e um vestido da princesa Margaret.

A rainha Elizabeth, que ficou conhecida como Rainha Mãe depois da ascensão da rainha Elizabeth II em 1952, foi coroada rainha consorte em 1937 e usou um vestido de seda com os emblemas nacionais para demonstrar a continuidade do reinado do novo rei.

A Historic Royal Palaces afirma que a tela é um "modelo extraordinário em tamanho real do vestido concluído e apresenta o design deslumbrante dos bordados pintados à mão, destacando a atenção aos detalhes necessária para planejar uma ocasião tão importante para o país".

A Rainha Mãe faleceu em 2002, aos 101 anos.

A exposição também inclui um vestido azul em estilo georgiano, usado pela princesa Margaret em 1964. A princesa era a irmã mais nova da rainha e também faleceu em 2002, no mesmo ano que a mãe.

A exposição tem outros itens inéditos e promete surpreender os fãs de moda.

Matthew Storey, curador da exposição da Historic Royal Palaces, comenta: "Nossa exposição no palácio de Kensington destacará alguns dos maiores talentos da moda britânica, com trabalhos que foram essenciais para criar a identidade visual da família real durante o século XX".

"Vamos explorar como funcionava a parceria entre os estilistas e os clientes, revelando o processo de criação de várias das peças mais importantes na história real."

"Com certeza, um dos destaques será o vestido de noiva incrível da princesa Diana, criado pelos Emanuel, que será exibido pela primeira vez em 25 anos. Mas também temos outras surpresas para os fãs de moda."

A exposição será realizada na orangerie do palácio de Kensington, de 3 de junho de 2021 a 2 de janeiro de 2022, mas ficará fechada no dia 1° de julho, quando seria o aniversário de 60 anos de Diana.

William e Harry devem se reunir nesse dia para inaugurar uma estátua da mãe no jardim do palácio de Kensington. Não foi informado se os dois irão à exposição do vestido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos