Veterinária negra e trans é agredida por PMs e processada por desacato

A veterinária Sol Rocha é uma mulher negra e transexual formada pela USP, que trabalha em uma ONG no centro de São Paulo. Ela foi agredida por policiais militares por gravar uma violência contra um homem negro e acabou agredida também. Após ter seus direitos como cidadã desrespeitados, como o de ser revistada por uma policial do sexo feminino, ela ainda foi processada por desacato por “desobeder ordens” e “atrapalhar a ação da polícia”.