Veto de Bolsonaro a distribuição de absorvente é 'candidatíssimo a ser derrubado', diz Pacheco

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA — O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou nesta sexta-feira que o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto que determinava a distribuição gratuita de absorventes deve ser derrubado pelo Congresso.

"O Congresso está pronto para contribuir com o governo nas soluções de cunho fiscal, mas considero desde já que esse veto é candidatíssimo a ser derrubado", afirmou Pacheco, pelo Twitter.

Na mesma rede social, Pacheco destacou que pautou o projeto no Senado porque os parlamentares queriam transformar a realidade de mulheres em situação de vulnerabilidade.

"São impressionantes as histórias de proteção com papel de jornal e miolo de pão por adolescentes e mulheres carentes."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos