Viúva de Tom Veiga perde poder de gerir herança do ator, diz colunista

Depois de algumas discussões públicas na web envolvendo a herança do ator Tom Veiga, o Louro José, a Justiça substituiu a viúva do ator, Cybelle Hermínio, pela filha do primeiro casamento dele, Amanda Veiga. Com isso, Cybelle perde o poder de gerir a herança de Tom e, daqui em diante, quem está responsável por isso e Amanda.

A informação foi divulgada pelo colunista Leo Dias e fontes relataram que a Justiça fez a troca a pedido dos quatro filhos do ator. Eles não confiam em Cybelle, a terceira e última mulher de Tom, com quem ele esteve casado em seus últimos oito meses de vida.

O intérprete de Louro José e a viúva se separaram semanas antes da morte do ator, mas não chegaram a assinar os papéis do divórcio. Após romper com a ex-mulher, ele estava reatando com a mãe de Amanda, Alessandra Veiga, com quem viveu um relacionamento por quase 15 anos.

De 2021 a 2022, a herança de Tom foi alvo de brigas recorrentes entre Cybelle e Alessandra. A mãe de Amanda, inclusive, chegou a divulgar áudios, fotos e prints de conversas com o ator, nos quais ele narrou agressão que disse ter sofrido da terceira mulher.

Na ocasião, Alessandra relatou que o episódio de violência foi o que causou a separação e o fim do relacionamento dos dois. Cybelle, no entanto, se defendeu da acusação e negou a agressão, dizendo que "houve uma briga de casal, nunca violência".

Três dias antes de morrer, Tom Veiga pediu a um amigo que fosse com ele até o cartório para testemunhar uma mudança em seu testamento. O intérprete do Louro José manifestou a decisão de retirar o nome da ex-mulher, Cybelle Hemínio da Costa Veiga, do documento.

O nome de Cybelle, no entanto, não foi retirado e, além dela, os quatro filhos do ator estão no testamento. Em abril de 2021, um mês depois da morte do comediante, uma ação cível foi movida pelos filhos de Tom para provar judicialmente a indignidade de Cybelle como herdeira.

Uma outra ação, que culminou na decisão da Justiça divulgada pelo colunista Leo Dias também foi aberta para que Amanda, filha mais velha de Tom, fosse a responsável por gerir os bens do pai.