Via e-mail, Conselho Deliberativo do Flamengo aprova contas de 2019

Marcello Neves

As contas de 2019 do Flamengo estão aprovadas. Via e-mail, o Conselho Deliberativo do clube aprovou o texto com mais de 800 votos a favor e três contra. A medida se deu para evitar aglomerações devido a pandemia do novo coronavírus.

O balanço do Flamengo de 2019 foi divulgado em março deste ano e mostrou uma receita recorde de R$ 950 milhões, com superávit de R$ 62 milhões.

Também houve 30 abstenções durante a votação, grande parte vinda do "Flamengo da Gente", que foi contra a maneira com o qual a votação foi conduzida. Nas redes sociais, o grupo se manifestou.

- Se, quando distantes, votamos sem deliberar, assumimos que, de longe, a única possibilidade de democracia interna será torta, aquém, mutilada. Não podemos concordar. A participação deve ser plena para todos. Somos comprometidos com o voto à distância, matéria de proposta de emenda. Mas somos comprometidos antes com a democracia, sem fronteiras. Se, em tempos de pandemia, outras câmaras adotaram mecanismos de videoconferência, por que o Conselho Deliberativo não faz o mesmo?

As contas só poderiam ser aprovadas até o último dia 30 de abril, de acordo com o estatuto do Flamengo. Todos os conselheiros receberam por e-mail os pareceres do Conselho Fiscal e da auditoria feita pela Ernest & Young.