Via Sacra emociona 5 mil pessoas nas ruas de Manaus

Bianca Paiva - Correspondente da Agência Brasil

Em Manaus, a encenação da Via Sacra começou às 9h, horário local, saindo da Catedral Nossa Senhora da Conceição, a Igreja da Matriz, em direção ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, no bairro Praça 14. Foram mais de duas horas de procissão pelas ruas da cidade com 14 paradas, representando as estações da Paixão de Cristo. Cinco mil pessoas participaram da caminhada, de acordo com a Polícia Militar.

A nutricionista Rosana Freitas acompanha a Via Sacra na capital amazonense há 26 anos. “É aqui que nós buscamos força para a gente prosseguir nossa vida. Em um momento em que o nosso país enfrenta tantas dificuldades, é aqui que a gente busca a fé para prosseguir, dar exemplo em casa para nossos filhos e, para os nossos amigos, um testemunho de vida e de fé”, disse.

Muita gente fez o percurso da Via Sacra com os pés descalços, como forma de pagar promessa. “Eu sofri um acidente em 1984 e passei 10 meses sem andar. Aí eu disse: se um dia eu voltar a andar, eu vou acompanhar até o fim da minha vida a procissão descalça. Nem que chova ou que faça sol eu venho”, contou a aposentada Valmira Santos.

Emoção no rosto de fiéis

A emoção tomou conta de muitos fiéis durante a encenação da Via Sacra. Com lágrimas nos olhos, a autônoma Jaqueline Bernardino acompanhou a procissão como forma de gratidão.

“Lágrimas de alegria pela vida que Deus nos dá. A vida é muito difícil, mas com Deus se torna tão fácil. Tudo se torna fácil quando a gente coloca Deus na frente de tudo. Todos os dias a gente tem que acordar e agradecer pela saúde e pela vida”, afirmou. Por volta de 15h, a procissão do Cristo Morto, como é conhecida, iniciou o caminho inverso da Via Sacra: do Santuário de Nossa Senhora de Fátima para a Igreja da Matriz.

As celebrações da Semana Santa em Manaus continuam neste sábado. “No Sábado de Aleluia teremos o ápice desse período festivo da Páscoa. É a celebração da Vigília Pascal, na qual o cristão irá celebrar a vitória de Cristo sobre a morte. Na catedral, o horário dessa vigília será às 20h. Mas é importante saber que, em todas as paróquias e em áreas missionárias de Manaus, teremos a vigília pascal”, informou o padre Charles Cunha.