Viajantes que chegarem à Inglaterra terão que apresentar teste de covid-19 negativo

·1 minuto de leitura
Qualquer pessoa que quiser entrar na Inglaterra precisará mostrar um teste negativo para covid-19 a partir da próxima semana

Todos os viajantes que chegarem à Inglaterra, inclusive os que vivem no país, terão que apresentar um teste negativo para o novo coronavírus, realizado dentro das últimas 72 horas. A medida valerá a partir da próxima semana, anunciou o governo britânico nesta quinta-feira (7).

Além de um exame com resultado negativo, as pessoas que vierem de países de "alto risco", onde medidas de quarentena estão em vigor, terão que se isolar por dez dias, disse o governo.

O objetivo é proteger o país "contra novas cepas do coronavírus, como as observadas na Dinamarca e na África do Sul", explicou.

Com o confinamento, "os testes realizados antes da partida fornecerão uma linha adicional de defesa, nos ajudarão a controlar o vírus enquanto implementamos a vacina de forma constante nas próximas semanas", acrescentou o ministro dos Transportes, Grant Shapps.

O Reino Unido é a nação europeia mais afetada pela pandemia, com mais de 78.500 mortes.

As pessoas que chegarem de trem, balsa ou avião deverão apresentar o teste negativo antes de embarcar e podem ser verificadas na chegada. Quem não cumprir a norma pode receber imediatamente uma multa de 500 libras (678 dólares).

No entanto, foram abertas exceções para caminhoneiros e crianças menores de 11 anos, entre outros.

Além disso, a partir de meados de dezembro, a quarentena de dez dias pode ser reduzida para cinco se o viajante passar por um novo exame de covid-19 pelo menos cinco dias após entrar no país e este der negativo.

mpa/slb/jvb/erl/ic