Viatura e 2 vitrines são destruídas no bairro de Enfield em Londres

Londres, 7 ago (EFE).- Vários jovens destruíram nesta tarde de domingo uma viatura policial e invadiram vitrines de duas lojas na rua comercial de Enfield, um bairro humilde do norte de Londres, em outro incidente a parte dos graves distúrbios que atingem o bairro de Tottenham durante a madrugada de domingo, segundo informou a Scotland Yard.

Neste novo surto de violência registrado em outra zona humilde da capital, os agentes receberam um aviso às 17h38 (14h38 do horário de Brasília) do local onde explodiram os distúrbios em Enfield, onde a Polícia se encontra agora, de acordo com essa fonte policial.

O deputado conservador desse distrito, Nick de Bois, disse em sua conta do Twitter que havia "muita gente" em Enfield, embora para se referir à situação falou de um "alvoroço grave", e não de distúrbios.

Um funcionário de "BBC" indicou a emissora que entre 100 e 120 jovens encapuzados corriam pela estação de Enfield, embora a situação parecia estar controlada. Este novo episódio ocorre depois que outro bairro do norte da capital, Tottenham, vivesse na noite de domingo em uma onda de violência desproporcional entre grupos de vândalos e agentes da Polícia que resultou, até o momento, em 55 pessoas detidas, que estão sendo interrogadas pela Polícia, e 26 agentes feridos, além de outras três pessoas com danos físicos.

Durante esses distúrbios, dezenas de arruaceiros causaram diversos danos materiais, entre eles edifícios e veículos queimados - como duas patrulhas da Polícia e uma caminhonete policial, assim como um ônibus de dois andares -, e saquearam as lojas do bairro, dos quais roubaram objetos de valor, como aparelhos eletrônicos e roupas em carrinhos de supermercado e malas.

Além disso, os autores do distúrbio atearam fogo em um supermercado do bairro e a uma loja de tapetes, além de assustar os moradores. EFE