Viaturas da Polícia Civil são apedrejadas na região da cracolândia (SP)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Duas viaturas da Polícia Civil foram apedrejadas na região da cracolândia, no centro de São Paulo, na tarde desta segunda-feira (11). Os ataques ocorreram por volta das 17h.

A suspeita da polícia é de que usuários de drogas que permanecem no local tenham atirado pedras contra os veículos. A SSP (Secretaria de Segurança Pública) não informou em que circunstâncias ocorreram os fatos.

Os dois carros atingidos pertencem à frota do DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania). A sede da instituição está localizada na avenida São João, na República, no entorno da cracolândia.

Segundo a SSP, os veículos danificados foram encaminhados para a oficina.

Conforme o delegado Roberto Monteiro, titular da 1ª Delegacia Seccional Centro —responsável pela Operação Caronte, que visa combater o tráfico na área— um dos automóveis teve um vidro quebrado.

Monteiro classificou a ocorrência como "atos de vandalismo". A ocorrência será investigada pela própria Polícia Civil.

Nesta terça-feira (12) está prevista mais uma manifestação de moradores e comerciantes da região contra arrastões, invasões, furtos e delitos na Luz, Santa Cecília, Campos Elíseos e rua Santa Ifigênia. O ato deve se concentrar por volta das 18h na praça Júlio Prestes e caminhar pelas principais ruas da região.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos