Vibrador em formato de baleia encontrado em metrô no Rio estava com preservativos

Marjoriê Cristine
Vibrador em formato de baleia encontrado na estação de metrô da Pavuna, no Rio

A virada do ano para 2020 foi animada para algum casal no Rio de Janeiro. Na noite do réveillon, entre as dezenas de objetos perdidos nas estações e trens do MetrôRio, um vibrador em formato de baleia foi encontrado por funcionários no dia 1º de janeiro na estação da Pavuna, na Zona Norte da cidade. O "brinquedo" foi levado até o setor de achados e perdidos e até o momento o dono (a) ainda não foi buscá-lo. A notícia foi dada pelo Blog do Ancelmo Gois, de O Globo, e o EXTRA teve acesso a uma foto do objeto esquecido.

O vibrador estava no chão do mezanino da estação da Pavuna, em uma sacola de veludo, junto com preservativos. Até o momento, o dono (ou dona) não apareceu para buscaro item. Foi a primeira vez que o objeto inusitado foi encontrado em uma estação do MetrôRio.

Se trata de um vibrador para casal com dois motores localizados cada um em uma ponta com formato de baleia. À prova d'água, o objeto é feito com silicone de alta qualidade e foi projetado para estimular o ponto G, o clitóris e o pênis simultaneamente.

Além do objeto curioso, carteiras, cartões, documentos, chinelos, óculos, chapéus, barraca e cadeira de praia também foram deixados em diversas estações. A instituição ainda contabiliza tudo que foi achado nas estações, mas trabalha com um número entre 600 e 700 itens perdidos.

O MetrôRio informa que os clientes que perderam ou esqueceram algum objeto nos trens ou nas estações podem entrar em contato por meio do site metrorio.com.br, ou também dirigir-se diretamente ao Espaço do Cliente, na Estação da Carioca, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8h às 17h.