Vice-campeão do mundo pela Alemanha critica Rüdiger: "Arrogante"

Rüdiger fez brincadeira quando a Alemanha estava vencendo o jogo (Foto: Harry Langer/DeFodi Images via Getty Images)
Rüdiger fez brincadeira quando a Alemanha estava vencendo o jogo (Foto: Harry Langer/DeFodi Images via Getty Images)

Rüdiger tirou uma casquinha dos japoneses quando a Alemanha estava vencendo a partida. Soberano na defesa, ele apostou corrida com Asano em um lançamento e, ao ganhar a frente, correu de forma engraçada, como se estivesse dando passadas mais longas.

A brincadeira deu errado para a Alemanha, que sofreu a virada pouco tempo depois. Foi justamente em uma jogada de velocidade de Asano que a equipe sofreu o segundo gol. Após receber bom passe, o jogador conseguiu encaixar um ótimo chute e venceu Neuer, que fechava bem praticamente todos os espaços.

Leia também:

Por conta disso, o ex-atacante da Alemanha e vice-campeão mundial em 2002 Didi Hamann aproveitou para criticar a postura do zagueiro, chamando-o de arrogante e ressaltando que agora quem ri é o Japão.

"Rüdiger levanta as pernas e você sabe... Você não menospreza os oponentes [dessa forma] porque eles sempre voltam em algum momento. Eu acho que foi muito pouco profissional. Acho que ele se excedeu naquele momento. Arrogante. Ele estava rindo, mas só há um time rindo agora. O espírito do jogo é respeitar o adversário, respeitar o adversário. E ele não fez isso. Não tenho nenhuma explicação ou desculpa para isso", criticou Hamann.

Asano, por outro lado, foi só felicidade. Ele e os companheiros comemoraram bastante o resultado, assim como a torcida, que fez festa durante a partida. O jogador japonês era dúvida para esta Copa do Mundo, já que tinha sofrido uma lesão no joelho em setembro. Alteração terceira do técnico na segunda etapa, garantiu a vitória do time e uma certa folga no grupo, que também tem Espanha e Costa Rica.