Vice da Câmara pede a Lira acesso aos pedidos de impeachment de Bolsonaro

·1 minuto de leitura
A presidência do colegiado deve ficar a cargo do deputado Marcelo Ramos (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Vice-presidente da Câmera dos Deputados, deputado Marcelo Ramos. Foto: REUTERS/Adriano Machado.
  • Vice-presidente da Casa é Marcelo Ramos (PP-AM)

  • Ele afirma que quer avaliar base jurídica dos pedidos

  • Deputado disse que é preciso considerar questões políticas também

O deputado Marcelo Ramos (PL-AM), vice-presidente da Câmara, enviou um requerimento nesta segunda-feira (19) a Arthur Lira (PP-AL), presidente da Casa, pedindo acesso aos 127 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Ramos revelou o pedido em entrevista à Rede Tiradentes de televisão nesta manhã.

A decisão de pautar qualquer pedido de impeachment cabe ao presidente da Câmara. O vice-presidente afirmou que, por hora, pretende apenas verificar a fundamentação jurídica dos pedidos e verificar se há indícios de que Bolsonaro tenha cometido crime de responsabilidade.

Leia também:

Ele acrescentou que, além das questões jurídicas, é necessário verificar pontos de “natureza política”, como “as mobilizações da população, a correlação de forças no parlamento, o apoio das forças produtivas”.

Na ausência do presidente, cabe ao vice assumir o cargo temporariamente. Sobre a possibilidade de pautar o impeachment na ausência de Lira, Ramos disse: “Não, eu não sou precipitado nisso. Agora, no exercício da presidência, eu sou o presidente. É óbvio que é uma responsabilidade enorme que talvez não caiba a quem exerce provisoriamente a presidência”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos