Vice-governador do Banco Central da China está sob investigação por suspeita de violações

SHENZHEN, China (Reuters) - O principal órgão anti-corrupção da China disse neste sábado que está investigando Fan Yifei, um dos seis vice-governadores do banco central da China, por “suspeitas de sérias violações de disciplina e da lei”.

Fan, 58, ocupa o cargo de vice-governador desde o começo de 2015. Antes, ele teve cargos seniores no China Construction Bank e na China Investment Corporation.

O presidente chinês, Xi Jinping, intensificou esforços nos últimos anos para combater autoridades corruptas do Partido Comunista no setor financeiro.

A Comissão Central para Inspeção de Disciplina (CCDI, na sigla em inglês) anunciou a investigação em um comunicado, mas não deu mais detalhes.

Em maio, o CCDI disse que estava investigando Sun Guofeng, o ex-chefe do departamento de política monetária do banco central, por supostas violações.

Em fevereiro, o órgão anti-corrupção concluiu uma inspeção de 25 instituições do setor financeiro, incluindo o banco central, reguladores bancários e de seguros, na primeira inspeção coordenada do país no setor desde 2015.

(Por David Kirton)