Vice-presidente eleita da Colômbia esnoba Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Francia Marquez, a vice-presidente eleita da Colômbia, chegou ao Brasil e se reúne nesta terça-feira com Lula e Dilma Rousseff. Ela, no entanto, não pediu reunião com ninguém do governo Bolsonaro — o que seria o usual nestas situações.

Vai ver Francia, que assume a vice-presidência em agosto, já está dando como certo que Jair Bolsonaro é carta fora do baralho...

Ou, como queria se encontrar com Lula, resolveu ela mesmo abrir mão de uma agenda com Bolsonaro que, semanas atrás, desmarcou uma reunião com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, pelo simples motivo de que ele também se encontraria com Lula.

Descortesia histórica: Os bastidores da reunião desmarcada entre Bolsonaro e o presidente de Portugal

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos