Vice-presidente Hamilton Mourão recebe primeira dose da vacina contra a Covid-19

Extra
·1 minuto de leitura

Conforme havia anunciado, o vice-presidente Hamilton Mourão tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta segunda-feira. Aos 67 anos, recebeu o imunizante Coronavac, produzido pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

"Hoje fiz minha parte como cidadão consciente e recebi a primeira dose da vacina contra a COVID-19 (Coronavac). Espero que, em breve, o maior número possível de vacinas chegue à população brasileira", escreveu Mourão numa rede social.

Em 18 de março, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, de 73 anos, foi o primeiro integrante do alto escalão do governo a se vacinar contra a Covid-19. Após tomar a primeira dose, ele compartilhou um vídeo do momento em suas redes sociais e destacou ter sido uma escolha pessoal. Ao mesmo tempo, afirmou que o governo defende a vacinação em massa.

No sábado (27), o ministro da Economia, Paulo Guedes, também foi imunizado.

— É aquela ideia, nós temos que vacinar todos os brasileiros. Nós temos o auxílio emergencial pra proteger, e temos aí esses quatro meses que o auxílio está funcionando pra vacinarmos principalmente os invisíveis, os que precisam ganhar o pão de cada dia — afirmou Gudes, em entrevista à CNN logo após se vacinar.

O presidente Jair Bolsonaro, de 66 anos, já chegou a dizer que não se vacinaria e criticou em especial a CoronaVac pela ligação com o governo de São Paulo. O estado é administrado pelo governador João Doria, um ex-aliado que hoje é um dos principais adversários do presidente. Recentemente, o governo federal vem mudando o tom e estimulando a vacinação.