Vida de Bob Marley é contada em novo musical no West End de Londres

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Ator Arinze Kene interpreta Bob Marley durante apresentação à imprensa do musical "Get Up, Stand Up! The Bob Marley Musical" em Londres
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Hanna Rantala

LONDRES (Reuters) - As músicas e a história da vida do falecido astro de reggae jamaicano Bob Marley estão chegando ao West End de Londres em um novo musical que homenageia seu legado.

"Get Up, Stand Up! The Bob Marley Musical", que estreia no Lyric Theatre neste mês, acompanha a ascensão do músico dos guetos de Kingston ao estrelato internacional.

Nascido em 1945 na cidade jamaicana rural de Nine Mile, Marley se tornou um superastro global com sucessos como "No Woman, No Cry", "One Love" e "I Shot the Sheriff", e morreu de melanoma em 1981 aos 36 anos.

"Estamos tentando mostrar o coração do homem, tentando mostrar o que realmente o movia e por que ele fez as escolhas que fez", disse o diretor do espetáculo, Clint Dyer, à Reuters em uma prévia para a imprensa nesta quinta-feira.

"Suas inclinações políticas saíram desta situação. E por isso estamos tentando dar o contexto no qual um superastro global do terceiro mundo nasceu."

O ator e dramaturgo britânico Arinzé Kene interpreta Marley, usando seus dreadlocks característicos e mostrando os movimentos e maneirismos que estudou em arquivos de vídeos e fotos. Assumir o papel foi intimidante, mas Kene disse que agarrou a oportunidade de contar a história de um de seus heróis de infância.

"Não há nada como a apresentação ao vivo, sabe, mantenha sua Netflix e sua Amazon e Hulus e não sei o que, mas não há nada como estar aqui e ver isto ao vivo, uma apresentação que nunca pode ser repetida", disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos